NotíciasSaúde

Governo de MS cria comitê de saúde para monitorar doenças infecciosas

Compartilhar:

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) criou o Comitê de Monitoramento de Eventos, levando em consideração o registro e a percepção de mudanças na ocorrência das doenças infecciosas e na dinâmica de transmissão de seus agentes. As atribuições foram publicadas nesta sexta-feira (19), no Diário Oficial do Estado.

A publicação considera também a ocorrência de um número crescente de agravos inusitados, situações de emergências epidemiológicas de natureza infecciosa, de doenças emergentes e reemergentes.

A SES também vê como necessário a necessidade do setor de saúde estar preparado com recursos humanos, técnicos e financeiros para enfrentar “desastres”.

O objetivo é identificar as áreas de risco, as ameaças, as vulnerabilidades e os recursos para estabelecer medidas que possibilitem a redução das infecções. Além de também conhecer, analisar dados e informações estratégicas e validar a identificação precoce de situações de emergência em saúde pública.

Também tem como intuito propor atividades de resposta coordenada às situações de emergência em saúde pública; promover a integração das ações das unidades que compõem a vigilância em saúde; e auxiliar os municípios na elaboração de Plano de Prevenção, Preparação e Resposta para a gestão dos riscos associados as doenças.

A Coordenação do Comitê de Monitoramento de Eventos e de Saúde em Desastres da CVSAT (Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental e Toxicológica) será de responsabilidade do CIEVS (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde) e da própria CVSAT.

 

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo