InteressesNotícias

Nova onda de calor atinge Mato Grosso do Sul nesta semana

Compartilhar:

Faltando pouco mais de uma semana para o fim do verão, que termina no dia 19 de março para dar lugar ao outono, a meteorologia indica que os últimos dias da estação serão marcados por calor intenso em Mato Grosso do Sul.

De acordo com previsão do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), uma nova onda de calor está prevista para esta semana, gerando dias de calor extremo, com termômetros próximos de 40°C e sensação térmica ainda acima.

É considerada onda de calor quando as temperaturas ficam mais 5°C acima da média por, pelo menos, três dias consecutivos.

Segundo o Climatempo, o ar quente que ganhou força na região do Chaco Paraguaio e norte da Argentina ao longo desta semana deve se expandir para o Brasil, especialmente em Mato Grosso do Sul, sul de Mato Grosso e a Região Sul do país, triangulo mineiro e interior de São Paulo.

Essas regiões terão calor intenso até, pelo menos, o dia 15 de março.

As maiores temperaturas do País, neste período, devem ser registradas em Mato Grosso do Sul e oeste de São Paulo.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) tem alertas para o Estado, vigentes para esta segunda-feira (10), sendo de perigo potencial para onda de calor e outro de perigo para chuvas intensas, sendo este para 24 municípios, não incluindo a Capital.

Em Campo Grande, a máxima pode chegar a 36°C e a mínima de 23°C. O sol predomina, mas há possibilidade de pancadas de chuva isoladas. A umidade relativa do ar pode chegar a 30%.

Em Corumbá, as temperaturas oscilam entre 40°C e 26°C, com sol entre nuvens e previsão de chuva de segunda até sexta-feira.

A maior temperatura está prevista para Água Clara, onde a máxima pode chegar a 41°C, com mínima de 25°C.

Nova onda de calor deve atingir o Brasil a partir desta segunda-feira

Outono

O outono, considerando o horário de Mato Grosso do Sul, começa às 23h06 do dia 19 de março e deve ser marcado por calor acima da média em Mato Grosso do Sul, seguindo tendência que já vem desde o ano passado, de períodos mais quentes do que o normal para o Estado.

Conforme projeção do Cemtec, a tendência é de chuva abaixo da média, enquanto as temperaturas devem ficar acima no trimestre de março, abril e maio.

Historicamente, o outono é uma estação marcada pela estiagem e tempo seco, principalmente a partir de abril, condições que devem ser intensificadas neste ano.

“A previsão para a temperatura do ar indica que, no trimestre de MAM (março, abril e maio), deve ficar acima do que é esperado, ou seja, um trimestre bem mais quente que o normal em Mato Grosso do Sul”, diz a projeção.

Ainda conforme o Cemtec, há 75% de probabilidade para o fenômeno de El Niño no período.

O El Niño é considerado um fenômeno de aquecimento das águas superficiais do Pacífico e a tendência geral é de padrões de temperaturas mais elevados.

 

Fonte:CE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo