NotíciasTecnologia

Netflix deve lançar plano com anúncios no final de 2022

A Netflix deve lançar seu plano mais barato com anúncios no último trimestre de 2022. O planejamento foi acelerado pelos executivos da empresa, que estavam prevendo disponibilizar as novidades somente nos próximos anos.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (10) pelo The New York Times. O jornal informou que os detalhes circularam entre funcionários da gigante do streaming através de documentos internos.

O texto justifica a decisão citando concorrentes da Netflix. Os executivos escreveram no informe que HBO Max e Hulu mantiveram marcas fortes mesmo com os serviços mostrando informes publicitários.

“Todas as grandes empresas de streaming, excluindo a Apple [TV+], têm ou anunciaram um serviço suportado por anúncios”, dizia um trecho do documento. “Por uma boa razão, as pessoas querem opções com preços mais baixos”, acrescenta outra parte.

Compartilhamento de contas

Além de começar a disponibilizar as novas contas com anúncios, a companhia também deve começar a dificultar o compartilhamento de senhas entre pessoas no final de 2022. Uma das intenções da Netflix é oferecer um plano específico para quem pretende dividir a própria conta com amigos e familiares.

“Então, se você tem uma irmã, digamos, que está morando em uma cidade diferente e você quer compartilhar a Netflix com ela, isso é ótimo”, chegou a dizer Greg Peters, diretor de operações da Netflix, em uma teleconferência de resultados da empresa no mês passado.

Não estamos tentando encerrar esse compartilhamento, mas vamos pedir que você pague um pouco mais para poder compartilhar com ela”, acrescentou o executivo na ocasião.

Motivos

A mudança de direção da Netflix no mercado é uma resposta principalmente aos resultados comerciais ruins que a empresa tem tido. Em abril deste ano, a gigante do streaming informou ter registrado uma perda de 200 mil assinantes no primeiro trimestre de 2022 (na comparação com o quarto trimestre de 2021), a perda mais expressiva em dez anos.

E a expectativa é ainda pior, já que a marca estima perder mais 2 milhões de usuários nos próximos meses desse ano. No mercado de ações, os papéis da Netflix registraram queda.

 

Fonte:TecMundo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar