NotíciasPolícia

PF mira núcleo financeiro de facção criminosa e apreende meio milhão em espécie

Contra a maior facção criminosa que age em Mato Grosso, a PF (Polícia Federal) deflagrou a “Operação Mandatário” nesta segunda-feira (17) para desarticular o núcleo contábil do grupo. Foram cumpridos mandados de prisão, de busca e apreensão, realizado bloqueio de R$ 10 milhões em bens e apreendido meio milhão em espécie.

Meio milhão foi apreendido pela PF. (Foto: Divulgação PF)
Meio milhão foi apreendido pela PF. (Foto: Divulgação PF)

Os mandados foram cumpridos nesta segunda-feira em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, sendo que os procedimentos finalizados nesta terça-feira (18) pelos policiais federais. Foram cumpridas 51 ordens judiciais expedidas pela 7ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá.

Entre as ordens estão: sequestro de 15 veículos e sete imóveis, bloqueio de 10 contas bancárias e de investimentos, totalizando um valor estimado de R$ 10 milhões. Foram cumpridos ainda 12 mandados de busca e apreensão em residências, empresas e até um escritório de contabilidade. Durante as buscas, além de documentos, foram apreendidos uma arma de fogo, joias de grande valor e mais de meio milhão de reais em espécie.

Seis investigados foram presos preventivamente e um em flagrante. Os alvos fazem parte do núcleo contábil e financeiro de maior facção criminosa que atua no estado de Mato Grosso, com as funções de coleta e distribuição de valores.

A Operação Mandatário foi uma atuação em conjunto da Polícia Federal, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, sistema prisional e Polícia Rodoviária Federal, uma força-tarefa da Segurança Pública de Mato Grosso no combate ao crime organizado.

 

 

Fonte:CGN 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar