DestaqueMeio AmbienteNotícias

Pesca predatória em Mato Grosso do Sul somou R$ 717 mil em multas no ano passado

A pesca predatória em Mato Grosso do Sul somou R$ 717,4 mil em multas ao longo de 2021, totalizando 1.662 kg de pescado apreendido. O montante inclui 273 infratores por pesca ilegal.

Deste total, 155 foram autuados e presos por crime de pesca predatória, que tem pena prevista de um a três anos de detenção e 118 foram multados por pescar sem licença ambiental, com multa que varia de R$ 700 a R$ 100 mil.

Em relação aos petrechos ilegais, foram apreendidos 630 redes, medindo um total de 29 km; 48 tarrafas; 103 cordas de espinheis; com média de 20 anzóis armados em cada uma, perfazendo cerca de 2.060 anzóis; 89 boias (joão-bobo), além de 4.535 anzóis e galho, petrechos esses que causariam grandes prejuízos aos recursos pesqueiros.

Além disso, foram apreendidos 67 embarcações, entre lanchas, barcos de alumínio e chalana e quatro canoas, 62 motores de popa, 325 molinetes e carretilhas com varas, e 21 veículos.

Conforme a Polícia Militar Ambiental, uma das maiores preocupações é com o uso desses petrechos proibidos, pelo alto poder de captura e depredação de cardumes.

DADOS DAS APREENSÕES EM 2021

AUTO DE INFRAÇÃO IMASUL – 273

TOTAL PESCA PREDATÓRIA  – 155

TOTAL PESCA SEM LICENÇA – 118

PESCADO APREENDIDO – 1.662,50

PESCADO APREENDIDO – FALTA DE DECLARAÇÃO DE ESTOQUE – 37,8

ANZÓIS DE GALHO – 4535

BOIAS – 89

BARCOS/LANCHAS/CHALANA – 67

MOTOR DE POPA – 62

CARRETILHAS/MOLINETES/VARAS – 325

CANOAS – 4

CANIÇOS – 29

ESPINHÉIS – 103

FREEZER/CAIXAS ISOTÉRMICAS – 17

ISCAS (UN) – 158

REDES (QUAT.) – 630

REDES (Quilômetros) -29,1

VEÍCULOS – 21

TARRAFAS – 48

MULTAS – R$ 717.478,86

 

Fonte:CE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar