DestaqueNotíciasTurismo

“Nobres é mais que Bonito, é lindo”, diz o provocativo slogan usado pelo município para chamar atenção

Lago de flutuação em Nobres, à esquerda, e outro semelhante em Bonito, à direita

“Nobres é mais que Bonito, é lindo”. É com esse slogan que a cidade de Nobres, em Mato Grosso, a 120 quilômetros de Cuiabá, tenta chamar atenção e se equiparar a Bonito, um dos destinos mais famosos do mundo quando o assunto é ecoturismo, e que fica em Mato Grosso do Sul.

A comparação forçada é usada como estratégia pelo município, de pouco mais de 15 mil habitantes, para atrair o mesmo perfil de turista de Bonito, já que oferece atrativos muito semelhantes, como lagos e rios cristalinos em meio à natureza, trilhas, passeios radicais, pousadas e tudo dentro das florestas do Cerrado mato-grossense.

[Colocar ALT]
Os rios em Nobres são marcados pelas águas cristalinas, tal qual Bonito (Foto: Reprodução)

 

A tentativa de se mostrar mais interessante que o paraíso sul-mato-grossense tem dado relativamente certo e, cada vez mais, Nobres tem sido objeto de interesse, tanto das pessoas quanto da mídia. Recentemente, a coluna Turismo de Valor, assinada pelo jornalista Leonardo Vasconcellos, que já esteve em Bonito, fez um artigo comparando as duas cidades.

Ele destacou em seu texto principalmente a questão dos valores, naturalmente mais baratos em Nobres, já que existe uma demanda infimamente menor. Fora isso, alguns passeios são muito semelhantes, como mergulhos e flutuação em águas cristalinas.

Porém, a comparação nem sempre pega bem. Em resposta à postagem do artigo no Facebook, um usuário morador de Cuiabá reclamou. “Mencionar que ‘Nobres é mais que bonito, é lindo’, com referência a cidade de Bonito-MS, além de transparecer falta de ética, dá a impressão de inveja e complexo de inferioridade e isso é totalmente desnecessário. Nobres e Mato Grosso não precisam disso, reflitam sobre essa observação, podem estar dando um ‘tiro no pé’ com esse slogan comparativo”, disse ele.

Em entrevista ao Jornal Midiamax, a secretária de turismo de Bonito, Juliane Ferreira Salvadori, botou panos quentes em qualquer rixa possível. “Penso que cada lugar do Brasil tem suas maravilhas e Bonito já está consolidado como melhor destino de ecoturismo do país, inclusive com prêmios nacionais e internacionais. Não temos competição com eles da nossa parte. Estamos fazendo nosso trabalho. Torço para que outros destinos sejam reconhecidos e estruturados no país”.

A reportagem tentou contato com algum representante da Prefeitura de Nobres, mas até a publicação desta reportagem não houve resposta.

Fonte: MM

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar