NotíciasTecnologia

CUIDADO: Virais na internet, desafios com spray e fogo podem causar morte como em Campo Grande

Recorrentes, desafios envolvendo fogo provocado com spray de desodorante, tintas, ou outros inflamáveis, rodam pela internet instigando pessoas de todos os lugares a fazerem o mesmo. E, justamente, uma brincadeira dessa espécie pode ter sido a causa do incêndio em uma tapeceria de Campo Grande nesta terça-feira (23), que resultou na morte do jovem Lucas Corrêa Queiróz, de 21 anos.

Informações da comunicação do Corpo de Bombeiros indicam que uma brincadeira com tinta spray e um isqueiro deu início ao fogo no local. Lucas, então, teria sido atingido pelas chamas e logo depois entrou para o interior do prédio com o corpo já tomado pelo fogo. Depois disso, ele não foi mais visto.

Amigos relataram que ele foi até o andar superior, onde há um mezanino. A maior dificuldade dos bombeiros, durante o incêndio, era o acesso à parte térrea para o combate, devido à grande quantidade de materiais inflamáveis.

Esta “brincadeira”, apontada como possível causa do incêndio, é viral na internet e disseminada como desafio. Confira um vídeo de exemplo de fogo provocado por spray de tinta e fósforo, como o que pode ter ocorrido na tapeçaria:

No local da tragédia, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, comentou para reportagem na manhã desta quarta (24) os riscos desse tipo de “divertimento”

“Sprays de tinta são altamente inflamáveis e tóxicos. O Corpo de Bombeiros orienta que esse tipo de brincadeira é totalmente reprovável, pois, se trata de um produto inflamável, onde o fogo, se utilizado, causa risco de provocar incêndio e coloca em risco a vida de quem está manuseando”, alerta o Major Fábio Pereira de Lima.

“Então, quem ver esse tipo de brincadeira, não faça. E nós também orientamos aos pais ou responsáveis que monitorem os seus filhos, de forma que eles não manipulem esse tipo de produto. Sua fumaça é tóxica, se a pessoa inalar, corre o risco de perder a vida. Reforçamos que a brincadeira não é recomendada pois é nociva à vida”, finaliza o bombeiro.

Incêndio

O fogo na tapeçaria teve início por volta das 16h10 dessa terça (23), próximo à antiga rodoviária, no Cruzamento da Rua Barão do Rio Branco com a Rua Alan Kardec, no Centro de Campo Grande. Foram utilizados mais de 60 mil litros de água para controlar as chamas.

Após mais de 6 horas de combate ao incêndio, por volta das 23 horas, os bombeiros encontraram o corpo de Lucas já sem vida em um mezanino da tapeçaria.

 

Fonte;MM 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar