DestaqueNotícias

Procon alerta consumidores sobre compras na Black Friday

Com a aproximação da já tradicional Black Friday, data em que o comércio realiza promoções com grandes descontos, o Procon Estadual orienta os consumidores a serem cautelosos nas compras. Uma das dicas é acompanhar o preço do produto que pretende comprar antes da “grande promoção”, para verificar se o estabelecimento não aumentou o valor para no dia do Black Friday dar o descontão que na prática não existiu.

O Procon Estadual alerta ainda para as inúmeras ocorrências de compras virtuais, onde o consumidor adquire um produto e recebe outro completamente diferente. É preciso ficar atento também a um outro detalhe nesse tipo de negociação: o custo do frete. Segundo o órgão, muitas vezes o preço divulgado não inclui o valor do frete que, não raro, é superior ao do produto.

Nesse sentido, o Procon Estadual informou que tem desencadeado várias providências, preventivamente. Dentre elas, a realização de pesquisa (para consumo interno) de preços dos produtos mais procurados pela população que servirá de parâmetro para comparação entre os valores praticados antes das promoções divulgadas e os efetivamente colocados à disposição dos consumidores na data em que se concretizará a Black Friday.

A verificação e divulgação dos sites de vendas mais reclamados e os principais motivos dessas reclamações, de modo a alertar os consumidores foi outra iniciativa considerada imprescindível pelo órgão estadual de defesa do consumidor. Em levantamento efetuado neste ano, três empresas se destacaram nas reclamações, o Decolar com 379 ocorrências, seguido pelo Mercado Pago e Americanas com 284 e 193 casos respectivamente. As irregularidades são, principalmente, demora ou não entrega do produto, produto com vício, desistência de compra, venda enganosa e produto entregue diferente do adquirido.

Além de alertar antecipadamente, dia 26 de novembro o Procon Estadual disponibilizará uma van com servidores para atendimento à comunidade. O veículo com pessoal será instalado na área central, especificamente no calçadão da rua Barão do Rio Branco, na Capital, onde estará disponível para receber denúncias de pessoas que se sentirem lesadas na relação de consumo.

A Black Friday, é uma promoção criada nos Estados Unidos na década de 1 960 e fixada em data próxima ao Tanksgiving (Dia de Ação de Graças), como forma de comemorar o sucesso da colheita. A iniciativa, entretanto causou tanto tumulto que a policia da Filadélfia a denominou de “sexta-feira negra”. Introduzida no Brasil em 2 010, a Black Friday não demorou a trazer dissabores aos cidadãos.

Posicionamento 
A Decolar – desde o início da pandemia e de forma a refletir a nova realidade que o setor de turismo e o público consumidor passaram a enfrentar – reestruturou os seus canais de atendimento, incluindo a contratação de novos fornecedores e equipe especializados para solucionar as dificuldades dos clientes. Certamente, um desafio que demanda a convergência de melhores práticas e esforços com os fornecedores. A companhia esclarece que, nos termos da legislação editada no curso da pandemia, trata cada solicitação dos clientes de forma individual, principalmente porque o atendimento depende do que cada um adquiriu como produto, serviço, rotas e período da viagem. A companhia mantém constante diálogo com os Procons e outros órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor para aprimorar suas práticas de atendimento.

 

Fonte:EnfoqueMS

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar