Meio AmbienteNotícias

Polícia ambiental usa até drones para fiscalizar rios de MS na piracema

Intensificando a fiscalização para combater a pesca predatória, a PMA (Polícia Militar Ambiental) está utilizando drones e reforçando a ação com 325 policiais. Conforme divulgado, o objetivo é surpreender quem está “aproveitando” o feriado de Proclamação da República (15) para desrespeitar a proibição da pesca nos rios de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a PMA, a proibição segue até o dia 28 de fevereiro devido à reprodução das espécies. Para a fiscalização, os policiais estão monitorando cardumes e mantendo vigilância em pontos que os peixes ficam mais vulneráveis, como corredeiras e cachoeiras.

Sobre o número de ocorrências, a polícia explica que há expectativa de que não haja alta intensidade de registros. Durante a Operação Piracema de 2019-2020, 55 pessoas foram presas.

Com as pessoas flagradas pela polícia, foram apreendidos 859 quilos de pescado e aplicados R$ 105 mil em multas.

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar