InteressesNotícias

Mais de R$ 600 mil em multas contra supermercados foram aplicadas neste ano

Compartilhar:

Empresas ligadas  ao setor da alimentação, como atacadistas, hipermercados, supermercados e até mercearias localizadas em bairros da Capital, já receberam mais de R$ 600 mil em multas por irregularidades em 2021, de acordo com levantamento do Procon Estadual, divulgado nesta sexta-feira (12).

Entre janeiro e outubro, deste ano, não houve  mês em que não houvesse autuação de estabelecimentos desse ramo. Ao todo foram R$ 606.307,85 em multas, O mês de abril se destaca com 16 ocorrências seguido de março e janeiro.

Já o menor registro ocorreu em agosto com apenas dois casos. Entretanto, não é a quantidade de autuações mas sim a gravidade das irregularidades em relação às regras de defesa do consumidor que determina o montante em multas  aplicadas.

De acordo com o levantamento, as irregularidades ocorreram tanto em atacadistas ou redes de lojas como em mercados de pequeno porte nas mais diferentes regiões de Campo Grande. Além de fiscalizações, as multas também foram aplicadas após denúncias de consumidores, demonstrando a importância do cidadão estar atento quando realiza suas compras.

No rol de estabelecimentos, os que  mais apareceram nos registros mensais foram a rede de supermercados Pires, o Hipermercado Extra e o Carrefour. Entretanto, dezenas de  unidades comerciais menores também fazem parte da lista de locais onde foram flagradas irregularidades após o Procon estadual receber denúncias de consumidores.

Denúncias – Todo cidadão que se sentir lesado em sua relação de consumo, tem à disposição um número de telefone para denunciar problema. Basta discar 151. O Procon\MS está à disposição das 07h até as 18h30, de segunda a sexta-feira.

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar