NotíciasTecnologia

Projeto Infovia Digital será aberto ao mercado nos dias 4 e 5 de novembro

Compartilhar:

O Escritório de Parcerias Estratégicas (EPE) do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul realiza nos dias 04 e 05 de novembro (quinta-feira e sexta-feira) uma sondagem ao mercado (Market Sounding) do Projeto de Parceria Público-Privada Infovia Digital. A abertura ao mercado, destinada a empresas interessadas na parceria, tem o intuito de institucionalizar o diálogo com parceiros privados por meio de reuniões presenciais e virtuais que serão realizadas com agendamento prévio.

“O propósito do Market Sounding é divulgar o projeto a potenciais interessados, como operadores, investidores, financiadores e fundos, bem como permitir que conheçamos aspectos que possam aperfeiçoar a atratividade e financiabilidade da PPP”, afirmou o coordenador de estruturação do projeto, Rédel Furtado Néres.

Projeto

Com a Infovia Digital será disponibilizado um serviço de transporte de dados de alta velocidade por meio de uma infraestrutura de rede de fibra óptica de alta capacidade a todas as unidades administrativas do Governo do Estado nos 79 Municípios.

De acordo com composição do projeto, serão implantados 6.950 Km de rede de fibra óptica, wi-fi gratuito e televigilância para 129 praças públicas, monitoramento baseado na tecnologia de reconhecimento óptico de caracteres em rodovias estaduais, 15.000 ramais IP (sistema de telefonia digital que utiliza protocolo de internet para transmitir voz), e a construção do Centro de Operações de Rede (COR) em Campo Grande.

Para Rédel, os benefícios da Infovia Digital serão de grande magnitude para o Estado, ao proporcionar redução significativa de custos proporcionais de serviços de telecomunicações, inclusão digital, bem como aumento da competitividade do Estado.

“Teremos o aumento da velocidade média de transmissão de dados por ponto, subindo de 6 Mbps contratados atualmente para 30 MBps efetivos, e o aumento da capacidade total contratada, saindo dos atuais 13,7 Gbps para 350 Gbps”.

Para o Governador Reinaldo Azambuja, com as PPPs e as concessões o Estado conseguiu avançar em investimentos que seriam quase impossíveis de serem feitos com recursos próprios dos estados. “Estamos preparando Mato Grosso do Sul para esses investimentos e dessa forma estamos alavancando em vários setores, como o esgotamento sanitário”, ressaltou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar