Meio AmbienteNotícias

Dois paulistas são multados em R$ 3,5 mil por pesca acima da cota permitida em Bonito

Compartilhar:

Dois pescadores paulistas, um de 66 anos residente em São Paulo (SP) e outro de 44 anos residente em Araras (SP), foram presos e autuados em Bonito, quando transportavam pescado de uma pescaria ilegal realizada no rio Miranda. A Polícia Militar Ambiental do Distrito de Águas do Miranda os abordaram em um veículo Fiat Strada nesta segunda-feira (03), na rodovia MS-345, e na carroceria 12 exemplares de peixes nativos das espécies piavuçu, pacu, cachara e curimbatá foram encontrados em uma bolsa isotérmica, pesando 37 kg.

Os pescadores assumiram ter capturado os peixes no rio Miranda durante o feriado. Eles só poderiam capturar e abater um exemplar de peixe nativo das espécies por pescador e, dessa forma, foi caracterizado o crime ambiental de pesca e transporte de peixes acima da cota permitida por lei. Foram apreendidos o pescado, o veículo e a bolsa onde estava o pescado.

Os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Bonito, juntamente com o material apreendido, onde eles foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da pesca predatória, por captura e abate de pescado acima da quantidade permitida. A pena é de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e multados em R$ 1.740,00 cada um. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Fonte:BN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar