EconomiaNotícias

TJ realiza leilão de 99 veículos aptos para circulação e sucatas

O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) abre leilão eletrônico de 99 lotes de veículos, entre servíveis para circulação e sucatas. São carros, motos, caminhões e utilitários esportivos apreendidos em ações penais. Os lances podem ser dados a partir de hoje até 18 de novembro.

O edital (nº 041/2021) foi publicado na edição de hoje do Diário da Justiça. O leilão será realizado apenas na modalidade eletrônica, com lances a partir das 9h (MS) no dia 3 de novembro, com encerramento do lote nº 01 às 15h (MS) do dia 18 de novembro, com finalização dos lotes subsequentes de forma escalonada, com acréscimo de um minuto, sucessivamente.

Dos 99 lotes, a maior parte é de veículos servíveis para circulação, porém, com débitos no Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito). Também há os classificados como sucata, passíveis de desmontagem e reutilização de peças.

Os bens poderão ser visitados no pátio indicado nos anexos nos dias 12, 16 e 17 de novembro. No site da leiloeira, há descrição completa dos débitos, alguns já com foto no sistema, outros com imagens ilustrativas.

Renault Kwid (2018/2019) com lance inicial de R$ 7,745 mil, está em Dourados (Foto/Reprodução)
Renault Kwid (2018/2019) com lance inicial de R$ 7,745 mil, está em Dourados (Foto/Reprodução)

Na lista, consta um Hunday Tucson 2008/2009 para circulação, com lance inicial de R$ 4,105 mil e incremento de R$ 200. Para o veículo, também consta débito de R$ 2,220 mil e taxa adicional de R$ 590. A visitação pode ser feita em pátio de Dourados.

Outra seria Toyota/Hilux (2014/2015) com valor inicial de R$ 15,265 mil e R$ 11,856 mil em débitos, também disponível para visitação em Dourados. Na mesma cidade, um Renault Kwid (2018/2019), com lance de R$ 7,745 mil. Em Campo Grande, consta Hyunday Santa Fé (2011/2012) com lance inicial de R$ 9625 mil e débito de R$ 1,655 mil.

Os bens relacionados serão vendidos e entregues no estado e condições em que se encontram e sem garantia. O arrematante deverá realizar o pagamento das obrigações no prazo máximo de 48 horas, contados do primeiro dia útil subsequente ao encerramento do certame, mediante instruções recebidas no email. O bem arrematado será entregue em prazo de até 72h após comprovação dos pagamentos.

Para conferir todos os lotes, clique aqui.

Fonte: CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar