DestaqueNotícias

Destino dos famosos: a beleza única de Bonito que atrai turistas do mundo todo

Bonito é uma pequena cidade no interior do Mato Grosso do Sul. Os encantos da cidade atrai até algumas celebridades, como a ex-BBB Fernanda Keulla, o ator Hugo Bonemer e a atriz Cristiana Oliveira. Um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil: tem rios de águas cristalinas, grutas e atividades ao ar livre.

O Ecoturismo é um segmento que preocupa-se em preservar a fauna e a flora de determinada região. Por isso, qualquer atividade realizada em Bonito é acompanhada de um guia turístico, responsável por não permitir que a natureza sofra algum dano.

Gruta do Lago Azul em Bonito, Mato Grosso do Sul
Foto: shutterstock Gruta do Lago Azul em Bonito, Mato Grosso do Sul

Como chegar a Bonito?

Há duas opções para quem deseja visitar Bonito: escolher um voo com destino a Campo Grande ou diretamente para a cidade, que possui um aeroporto comercial. O trajeto até Campo Grande costuma ser mais barato, saindo de São Paulo, custa, em média, R$ 2 mil. Já os voos para Bonito, que saem de Campinas, podem chegar a R$ 3,9 mil.

O que fazer em Bonito?

A Gruta do Lago Azul é a principal atração da cidade, com 90 m de profundidade. A caverna possui diversos estalagmites, estalactites e colunas, sedimentadas durante centenas de anos. O cenário de águas azuis dentro do local é impressionante, sendo necessário descer 300 degraus para conhecê-lo inteiro.

A flutuação nos rios também é um fenômeno impressionante em Bonito. Ele acontece no Rio Sucuri e no Aquário Natural. A flutuação é um esporte de observação da vida aquática por meio do snorkel, sem encostar os pés no chão ou nadar. O Rio Sucuri é considerado o mais cristalino do Brasil, ideal para apreciar os peixes coloridos que vivem nele.

Em Bonito também existem infinitos parques para visitar trilhas e cachoeiras. O Parque das Cachoeiras, o Cachoeiras Serra Bodoquena e Boca da Onça são opções ideais para este fim. A Lagoa Misteriosa, por outro lado, é para os mais aventureiros. Ela atrai os turistas, principalmente, pela curiosidade: até hoje não foi encontrado o fundo da lagoa.

A caverna que está dentro da lagoa é uma das mais profundas do Brasil, com mais de 220 m, mas esse número não é exato. No Abismo Anhumas pode-se realizar rapel dentro de uma caverna e ainda mergulhar no lago depois.

Fonte:IGTurismo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar