Meio AmbienteNotícias

Assentado é multado em R$ 16 mil por exploração ilegal de madeira

Assentado de 47 anos, que não teve a identidade divulgada, foi multado em R$ 16 mil por exploração ilegal de madeira, na tarde desta sexta-feira (8), em Nioaque.

Equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) realizava fiscalizações durante a operação Padroeira do Brasil encontraram grande quantidade de madeira ilegal da espécie aroeira no assentamento Santa Guilhermina.

NO local, o assentado fazia a exploração da madeira em área de floresta na propriedade sem qualquer licença ou documentação ambiental.

Ao todo foram apreendidas 53 toras de madeira de alto valor econômico e o assentado foi multado e vai responder por crime ambiental com pena de seis meses a um ano de prisão.

 

 

 

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar