NotíciasPolítica

Superintendente do Incra em MS é exonerado do cargo, 13 meses após nomeação

Compartilhar:

Pouco mais de um ano depois de assumir a superintendência do do Incra-MS (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Mato Grosso do Sul, Augusto Pinedo Zottos, foi exonerado do cargo, segundo publicação de hoje no Diário Oficial da União.

No lugar de Zottos, assume o engenheiro agrimensor Humberto Cesar Mota Maciel, que exercia, de 2019 até agora, o cargo de diretor de Ordenamento de Estrutura Fundiária do Incra, em Brasília. As mudanças foram assinadas pelo secretário-executivo do Incra, Marcos Montes Cordeiro.

No currículo dele, disponível no site do governo federal, consta que Maciel ingressou no serviço público em 2000, atuando como engenheiro agrimensor na Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de MS). De 2007 a 2016 assumiu a gerência de Regularização Fundiária da agência.

Zottos estava na função desde agosto de 2020. Engenheiro agrônomo, Zottos é servidor de carreira do Incra. Segundo portal da Transparência do governo federal, ele ingressou no instituto em setembro de 2006, admitido por concurso público.

A reportagem tentou contato com Zottos para falar sobre a exoneração, mas não obteve retorno.

 

 

 

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar