CidadeNotícias

Projeto Bonito Mais Humano é lançado pela Prefeitura

Na manhã desta quinta-feira (09), em uma breve cerimônia na Secretaria Municipal de Assistência Social, aconteceu o lançamento do Projeto “Bonito Mais Humano”.

O programa consiste em promover ações direcionadas para o recebimento de doações, seja em espécie para aquisição, ou em alimentos, por empresários ou qualquer cidadão comum que somada a disponibilidade do Município, será distribuída de forma igualitária pela Secretaria Municipal de Assistência Social entre as famílias em condição de vulnerabilidade, causada pela recessão econômica em consequência do Covid-19.

O projeto partiu da Prefeitura e teve aprovação pela Câmara Municipal de Bonito, tornando-se a Lei nº 1.558 em 06 de abril de 2021.

O Projeto conta com algumas empresas parceiras que contribuíram com a doação de cestas básicas, são elas: Supermercado Santos, Mercado Formoso, Pousada Arte da Natureza e Parque Ecológico Rio Formoso.

Estiveram presentes no ato o prefeito Josmail Rodrigues acompanhado da primeira-dama Leila Aivi; a secretária de Assistência Social Vânia Mugartti; o secretário de Governo Jary Neto; os vereadores Toquinho da Rádio, Professor PH, Edinaldo Pantera, Professora Loiva, Irson Casanova, Jhonatan Marques, Pedrinho da Marambaia e Lucas Capacete; a diretora do Instituto Família Legal, Margareth Maneta; e a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Auriely Regina Cáceres Galeano.

“A gente tem só a agradecer a essa parceria que firmamos com pessoas que acreditam em nossa cidade e o mais importante, se preocupam com a vida do próximo. Esse programa tem o principal objetivo de combater a fome em nossa cidade, principalmente neste período de pandemia que afeta muitas famílias”, destacou Josmail Rodrigues.

O presidente da Câmara Municipal, Toquinho da Rádio, destacou que em acordo com os demais vereadores, já antecipou parte do duodécimo para compra e posterior distribuição de cestas básicas.

Vale ressaltar que não terão direito aos benefícios desta Lei pessoas que não residem em Bonito, que fazem parte dos programas sociais dos Governos Federal, Estadual ou Municipal ou que tenham a renda familiar superior a dois e meio salários-mínimos vigentes.

Na ocasião, também foi lançada a campanha Setembro Amarelo, tendo como principal objetivo a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e no mundo.

Fonte:BN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar