NotíciasPolícia

Em Jardim matadouro clandestino, irmãos abatiam gado furtado em fazendas

Dois irmãos foram presos nesta sexta-feira (3), em Jardim, por posse ilegal de armas e furto de gado em propriedades da zona rural do município. As prisões ocorreram após fiscais da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul) abordarem uma camionete, na qual um homem, de 28 anos, transportava na carroceria uma novilha abatida com o couro do local da marca de identificação cortado para ocultar sua origem.

Um equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) foi acionada e realizou buscas na residência do suspeito e apreendeu várias peças de carnes embaladas e identificadas de maneira artesanal em condições impróprias para consumo.

Um peixe da espécie dourado, cuja pesca é proibida em Mato Grosso do Sul e vários equipamentos que denotavam a comercialização ilegal das carnes também foram encontrados. Na residência, ainda havia um revólver, calibre .22, e 17 munições do mesmo calibre.

Em continuidade às diligências, a equipe foi até a chácara do irmão do suspeito, de 47 anos, próximo ao cemitério da cidade de Jardim, onde foi constado que havia um abatedouro clandestino no local. Foram encontrados vários couros e ossos de animais bovinos com as marcas de identificação suprimidas e equipamentos para carnear os animais. Os restos dos bovinos abatidos eram descartados no córrego que passava pelo imóvel caracterizando o crime de poluição.

Na casa da chácara, também foi apreendida uma espingarda de pressão, modificada para efetuar disparos de munição calibre .22. Diante dos indícios, a dupla foi presa em flagrante pelos crimes de receptação de gado furtado, associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo por uso permitido, crime contra as relações de consumo, maus-tratos a animais além de crimes ambientais. Eles estão detidos na 1ª Delegacia de Polícia de Jardim.

 

 

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar