Meio AmbienteNotícias

Ministro do Meio Ambiente assina acordo de combate a incêndios no Pantanal

Com o objetivo de fortalecer a proteção contra incêndios florestais no Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense (MT) e no bioma do Pantanal em Mato Grosso do Sul, o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, esteve com o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Fernando Lorenci, nesta sexta-feira (06) em Corumbá.

O encontro aconteceu para anunciar novas ações do Governo Federal, incluindo acordos pelo ICMBio e investimentos para ações de prevenção e combate aos incêndios.

Firmado com o Instituto Homem Pantaneiro (IHP), sendo representado pela secretaria executiva, Letícia Larcher, o primeiro acordo prevê a realização de aceiros, um novo sistema de monitoramento de embarcações e o impulso a pesquisas científicas sobre o impacto do fogo no Parque Nacional.

Enfatizando a importância da união de forças, o ministro destacou a operação Guardiões do Bioma, fruto de novo plano integrado de combate a incêndios florestais, agregando os ministérios do Meio Ambiente, Justiça e Segurança Pública e Desenvolvimento Regional. “Essa integração entre Força Nacional e órgãos ambientais é fundamental para enfrentar esse grande desafio em todos os biomas, e se soma às ações que estamos trazendo hoje para o Pantanal”, afirma.

O presidente do ICMBio, Fernando Lorencini, destacou a importância do trabalho conjunto na proteção do Pantanal. Esse acordo fortalece a integração das instituições na proteção do Pantanal.

O ministro ainda anunciou os investimentos em ações de prevenção e combate aos incêndios. Os recursos vêm do Fundo Mundial para o Meio Ambiente, no âmbito do projeto GEF-Terrestre, coordenado pelo MMA e implementado e executado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), respectivamente. O projeto tem valor total de cerca de R$ 167 milhões e prevê entre suas ações o resgate de animais silvestres em emergências ambientais.

 

 

Fonte:BN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar