DestaqueNotícias

Frio deve retornar ao Mato Grosso do Sul em 14 de agosto, aponta meteorologista

Nova onda de frio prevista para 14 de agosto deve fazer sul-mato-grossenses tirarem casacos do armário novamente.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, a massa de ar polar será fraca e não haverá frio intenso em Mato Grosso do Sul. Haverá nível queda nas condições.

O frio virá acompanhado de pouca ou nenhuma chuva. Haverá nevoeiro. O tempo melhorado e mantido a umidade relativa do ar em níveis básicos, com índices que se assemelham ao clima desértico (10% a 30%).

A estação de inverno contribui para ocorrência de queimadas e surgimento de doenças respiratórias devido ao tempo seco, estiagem, baixa umidade relativa do ar e escassez de chuvas.

Mudanças repentinas no tempo favorecem o surgimento de doenças respiratórias como rinite, sinusite, gripe e inflamação na garganta, de acordo com o enfermeiro e doutor em Infectologia, Everton Lemos.

Os sintomas das doenças citadas são muito parecidos com os da Covid-19, portanto, a população deve ficar alerta.

A melhor forma de distinguir doenças respiratórias do vírus da Covid-19 é fazendo a testagem.

Além disso, o frio pode contribuir para a ocorrência de queimadas em Mato Grosso do Sul.

Abrahão diz que a combinação de solo seco, vegetação seca, temperatura baixa e umidade relativa do ar baixa são ideais para surgimento de chamas de fogo.

A vegetação perde líquido com as baixas temperaturas, o que a deixa seca.

Após morta, a planta tem condição de queimada e seca, mas está ressecada e sem vida. Tal fato ainda pode contribuir para a ocorrência de queimadas.

A estação de inverno começou em 20 de junho e termina em 22 de setembro em Mato Grosso do Sul.

Suas principais características são clima gelado, temperatura em queda, tempo seco, baixa umidade relativa do ar, pouca chuva, ocorrência de geadas e neve.

 

 

Fonte:CE

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar