NotíciasTurismo

MTur promove lives sobre qualificação para o Turismo rural a partir desta terça (20)

O governo federal irá promover uma série de lives voltadas para o desenvolvimento do Turismo rural a fim de evidenciar benefícios da qualificação profissional para alavancar empreendimentos do campo e favorecer a geração de emprego e renda no País a partir da associação entre agricultura familiar e Turismo. O primeiro episódio da série acontece hoje (20), às 18h30, e será apresentado pela proprietária do Sítio Pinheiros, Silvia Pinheiro.

Na quinta-feira, também às 18h30, o encontro é com Marcelo Weiler, sócio do Restaurante Pitanga ao Ar Livre, de Itacoatiara, em Niterói (RJ). Os seminários virtuais vão reunir a diretora do Departamento de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Turismo do MTur, Nicole Facuri; o coordenador-geral de Acesso a Mercados do MAPA, Mateus Rocha, e Osiris Marques, professor do Departamento de Turismo da UFF e coordenador do Experiências do Brasil Rural.

A série faz parte do programa Experiências do Brasil Rural e busca impulsionar produtos e serviços da agricultura familiar ligados ao Turismo, de forma a proporcionar vivências memoráveis a visitantes e gerar alternativas de renda, a partir da formatação e do posicionamento de roteiros. Por meio do projeto, oito roteiros turísticos rurais selecionados em quatro regiões do país, que produzem queijos, vinhos, cervejas e frutos da Amazônia, receberão apoio técnico para estruturar e comercializar destinos e empreendimentos.

Os roteiros atendidos pelo projeto são a Rota Amazônia Atlântica, do Pará; a Terra Mãe do Brasil, Seus Caminhos, Segredos e Saberes, da Bahia; o Agroturismo do Espírito Santo; a Rota do Queijo Terroir Vertentes e a Rota Gourmet das Terras Altas da Mantiqueira, em Minas Gerais; o Caminhos do Campo, em Santa Catarina, e a Ferradura dos Vinhedos e o Roteiro Farroupilha Colonial, no Rio Grande do Sul.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, frisa que a exposição de exemplos bem-sucedidos pode inspirar ações inovadoras e contribuir com a retomada do setor no pós-pandemia. “A tendência no mundo é de forte procura pelo Turismo de natureza, e nada se compara aos nossos atrativos do campo. Este é um ótimo momento para enxergar oportunidades de empreender, diversificar a nossa oferta turística e ajudar a movimentar a economia dos destinos rurais”, aponta.

Fonte: PR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar