NotíciasSaúde

Mato Grosso do Sul recebe 13,3 mil doses da Coronavac neste sábado

Mato Grosso do Sul recebe a 19ª remessa de vacinas contra Covid-19, com 13,3 mil doses da Coronavac, às 10h deste sábado (8), no Aeroporto Internacional de Campo Grande (CGR).

De acordo com o secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende, todas as doses serão destinadas à pessoas que estão com a segunda dose da Coronavac atrasada. Não haverá primeira dose.

Cerca de 128 mil pessoas tomaram a primeira dose (D1) da Coronavac e estão sem a dose de reforço em Mato Grosso do Sul, segundo Resende.

O atraso se deve à contratempos na importação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para fabricação da vacina pelo Instituto Butantan.

A espera chega a mais de 45 dias em alguns casos, ultrapassando o recomendado pelo laboratório, que é de 28 dias entre as doses.

O Ministério da Saúde orienta que a população tome a segunda dose mesmo atrasada para completar o esquema vacinal e garantir a proteção adequeda contra a Covid-19.

O infectologista André Barbosa explica ao Correio do Estado que o atraso na aplicação da segunda dose não traz riscos à saúde da população e não diminui a eficácia da vacina.

“Não existe um prazo determinado, é possível receber a segunda dose depois de uma semana, 12 dias, 15 dias, a proteção não vai mudar, será exatamente a mesma e a pessoa será imunizada”.

AstraZeneca
Mato Grosso do Sul recebeu três remessas de vacinas da AstraZeneca-Oxford, com 198.760 doses, no período entre 29 de abril à 6 de maio.

Assim como a Coronavac será destinada à pessoas com segunda dose atrasada, parte das doses da AstraZeneca também será. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde, por meio de nota técnica.

Anteriomente, havia sido solicitado pelo Ministério que as doses da AstraZeneca enviadas aos Estados fossem destinadas à primeira dose.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, fez o anúncio em live na manhã desta sexta-feira (7).

“Isso logicamente vai atrasar o avanço da imunização no nosso Estado. Agora temos essa nota técnica do Ministério solicitando que a gente reveja e coloque [a AstraZeneca] como D2”, afirma o secretário.

Vacinômetro
A plataforma disponibilizada pela SES divulga em tempo real a situação do processo de imunização em cada município do Estado.

As pessoas podem informar-se a respeito quantas doses foram aplicadas (dose 1 e dose 2); percentual de vacinados; percentual de imunizados; grupos que já receberam a vacina; entre outros.

Segundo dados da ferramenta, 817.262 doses já foram aplicadas no Estado e 21,15% da população sul-mato-grossense está vacinada.

Mato Grosso do Sul é o segundo estado que mais vacinou no Brasil, perdendo apenas para o Rio Grande do Sul. Confira aqui o calendário atualizado de imunização na Capital.

Na capital, 304.855 doses já foram aplicadas, sendo 233.981 da primeira e 70.874 da segunda.

Com isso, 25,82% da população campo-grandense está vacinada. Os dados são do vacinômetro disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Cronologia
Em 18 de janeiro, primeiro lote com 158.760 doses da vacina Coronavac chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 24 de janeiro, segundo lote com 22 mil doses desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande (CGR).

Em 25 de janeiro, terceiro lote com 10,2 mil doses da vacina Coronavac pousou na Capital.

Em 7 de fevereiro, quarta remessa com 32 mil doses da vacina Coronavac chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 24 de fevereiro, quinto lote com 35,7 mil doses da Coronavac e AstraZeneca desembarcou em Campo Grande.

Em 3 de março, a sexta remessa com 27,8 mil doses da Coronavac desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Em 9 de março, a sétima remessa com 30,6 mil doses chegou ao Estado em um voo da Latam, vindo de Guarulhos.

Em 18 de março, o oitavo lote com 54,6 mil doses chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 20 de março, a nona remessa com mais de 48,6 mil doses desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Em 26 de março, a décima remessa com 46,7 mil doses chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 1º de abril, a décima primeira remessa com 109,5 mil doses chegou ao Estado.

Em 8 de abril, a décima segunda remessa com 53,6 mil doses desembarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Em 15 de abril, o décimo terceiro lote com 77,9 mil doses chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 22 de abril, o décimo quarto lote, com cerca de 45 mil doses, desembarcou no Aeroporto Internacional da Capital.

Em 29 de abril, o décimo quinto lote com 66.950 doses de vacina contra Covid-19 chegou à Mato Grosso do Sul.

Em 1º de maio, o décimo sexto lote pousou em Campo Grande.

Em 3 de maio, décimo sétimo lote com 82,5 mil doses chegou ao Estado. No mesmo dia, chegaram 7.020 doses de vacina da Pfizer.

Em 6 de maio, décimo oitavo lote com 50,5 mil doses da AstraZeneca desembarcou na Capital.

Em 8 de maio, décimo nono lote com 13,3 mil doses da Coronavac pousou em Campo Grande.

As vacinas já estão em todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A cada lote de entregas, os imunizantes são distribuídos imediatamente.

A força tarefa de distribuição de vacinas contou com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

 

 

Fonte;CE

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar