NotíciasPolítica

Após trágica morte de filho, prefeito de Anastácio pede afastamento do cargo

Compartilhar:
Após tragédia familiar, o prefeito de Anastácio, Nildo Alves de Albres (PSDB), pediu afastamento do cargo. Neste caso, quem assume a chefia do Executivo municipal é o vice-prefeito, também tucano.

O comunicado do afastamento chegou à Câmara nesta quarta-feira (7) e foi repassado aos outros vereadores pelo presidente da Casa, Ademir Alves (PSD), de acordo com o vereador e presidente do PSDB em Anastácio, Lincoln Pellicioni.

Ainda não há informação de quanto tempo prefeito deve ficar de licença e a confirmação deve ser publicada no Diário Oficial do município.

O prefeito já havia decretado luto oficial, em edição extra do Diário Oficial de segunda-feira (5). O documento estabelece ponto facultativo nas repartições públicas até esta sexta-feira, dia 9. Os serviços públicos considerados essenciais permanecerão funcionando em regime de plantão.

Tragédia

Nildo perdeu o filho, Nori Neto, de apenas 22 anos, no começo da semana. Foi o pai quem encontrou o jovem morto, com um tiro, em uma fazenda de propriedade da família. O jovem chegou a ser transportado de avião, na tarde de segunda-feira, para o Hospital Regional de Aquidauana, mas não resistiu.

O corpo foi então transportado até o IML (Instituto Médico Legal) de Aquidauana para o início das investigações sobre a causa da morte precoce. A principal hipótese é de suicídio.

O velório do filho do prefeito aconteceu na Pax Central, na manhã de terça-feira (6), e o sepultamento foi realizado por volta das 9h, em cerimônia de despedida privativa. Nori deixou os pais, Nildo e Cássia, e as irmãs, Mariana e Bruna.

A Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e o Diretório Estadual do PSDB emitiram notas de pesar.

“Recebemos com grande tristeza a notícia sobre o trágico falecimento do jovem Honorivaldo Neto, carinhosamente chamando de Nori Neto, de 22 anos, filho do prefeito de Anastácio, Nildo Alves de Albres, ocorrido na tarde desta segunda-feira (5). Neste momento de tristeza e dor, nos unimos para manifestar nossas mais sinceras condolências ao nosso colega Nildo, familiares e amigos. Que Deus conforte seus corações”, diz o texto assinado por Valdir Couto de Souza Júnior, presidente da Assomasul e prefeito de Nioaque.

O partido do prefeito, por meio do presidente estadual, Sérgio de Paula, desejou “força aos familiares neste momento tão difícil”.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar