EducaçãoNotíciasPolítica

Emenda da senadora Soraya Thronicke garante recursos para finalização de obra em Sonora

Com recurso da ordem de R$ 1,17 milhão, obtido graças à emenda da senadora Soraya Thronicke (PSL/MS), as obras de construção do Cmei (Centro Municipal de Educação Infantil) de Sonora (MS) estão avançadas e devem ser concluídas no primeiro semestre de 2022. Localizado na Avenida Presidente Tancredo Neves, no centro da cidade, o Cmei custará um total de R $2,82 milhões.

No entanto, a parlamentar sul-mato-grossense já informou que pretende empenhar neste ano o restante do recurso necessário – em torno de R$ 1,65 milhão – junto ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). “O investimento em educação é sempre essencial para o desenvolvimento do Brasil”, ressaltou.Continua depois da publicidade

Soraya Thronicke acrescenta que educação é a base para qualquer país se tornar desenvolvido e próspero. “Durante meu mandato, estou procurando dar prioridade para o fortalecimento de uma educação de qualidade, cívica e comprometida com o futuro do Brasil. Queremos educação de primeiro mundo para nossas crianças”, afirmou.

A execução da obra do Cmei está a cargo da empresa Conserv Construção e Serviços Ltda., que venceu o processo licitatório em junho do ano passado e iniciou os trabalhos no mês seguinte. Ao todo, serão 1.317,99 m² de área construída, que serão concluídos no primeiro semestre do próximo ano devido a atrasos decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

MS Certo
Para este ano, a senadora lançou o “Fórum de Integração MS Certo”, que é uma iniciativa da parlamentar e do PSL em Mato Grosso do Sul para debater as demandas prioritárias e políticas públicas nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento, habitação, segurança, mobilidade urbana, esporte/cultura e infraestrutura em todo o Estado.Continua depois da publicidade

Até dezembro, serão realizadas reuniões nas cidades-sede das regiões geopolíticas do Estado – Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Paranaíba, Região do Pantanal (Corumbá, Aquidauana e Miranda), Ponta Porã, Naviraí, Ivinhema, São Gabriel do Oeste e Coxim.

O Fórum tem caráter itinerante e conta com a participação de prefeitos, vereadores, lideranças empresariais, além de técnicos e profissionais convidados, com objetivo de levantar informações a respeito das necessidades de cada região, seus municípios e as comunidades.

O projeto também pretende atuar junto à Superintendência de Desenvolvimento da Região Centro-Oeste (Sudeco) e ao Executivo Federal em busca de recursos e parcerias que atendam às demandas dos municípios como o Programa Wi-Fi Brasil do Ministério das Comunicações.

No âmbito do Fórum serão criadas as Rotas da Integração regionais e estimulada a formação da Frente Parceiros da Integração, unindo empresários, artistas, intelectuais, profissionais liberais, órgãos, entidades e instituições para que possam contribuir com campanhas publicitárias de cunho institucional em relação às potencialidades do Estado.

Fonte: AsseCom

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar