NotíciasPolícia

Polícia começa oitivas para identificar suspeita de matar jovem a tiros na Capital

Compartilhar:

O delegado Gustavo Vieira Bueno, da 5ª Delegacia de Polícia Civil, disse que vai ouvir a primeira testemunha no caso da morte de Carolina Leandro Souto, 23 anos, na manhã desta terça-feira (1°).

Sobre a possibilidade de o caso estar ligado a dívidas com facção criminosa, o delegado afirma que populares relataram ligação da vítima com uma facção, mas as informações ainda serão investigadas pela polícia. Ele afirma que ainda não tem informação sobre quem teria cometido o crime.

O caso

A jovem foi morta a tiros na tarde de ontem (31), no Jardim Aero Rancho, em Campo Grande. O homicídio ocorreu em uma região conhecida como buracão.

Segundo testemunhas, foram efetuados quatro disparos, contudo, apenas dois teriam acertado a vítima. Ela foi atingida por uma mulher não identificada.

Carolina chegou a ser socorrida, mas morreu dentro da viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

 

Fonte:topmidianews

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar