NotíciasPolícia

Foragido há 21 anos, homem que matou casal após estuprar ovelha é preso

Compartilhar:

Foragido desde 2003, Osmar Delmaschio, 59 anos, foi preso nesta quinta-feira (4), em Laranjal no Paraná. O homem é acusado de matar casal em uma fazenda na cidade de Ribas do Rio Pardo, distante 98 quilômetros de Campo Grande, após estuprar uma ovelha. Ele chegou a ser capturado na época, mas cavou túnel e fugiu da delegacia.

Segundo a denúncia do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul),  por volta das 18h30 do dia 30 de agosto de 2003, em uma fazenda a 36 km da área urbana de Ribas do Rio Pardo, Osmar matou a tiros José Roberto da Silva e Creusa Ales Gomes.

Em seguida, Osmar tirou contra filha do casal, que na época tinha 4 anos. Ela foi atingida no ombro direito. A outra menina de 7 anos conseguiu fugir e se esconder no banheiro. O autor fugiu logo depois do crime. Ele era gerente da fazenda e foi acusado pelas vítimas de ter estuprado uma ovelha.

O casal procurou Osmar para tirar satisfação e depois foi perseguido pelo homem. Eles correram até a casa de outro funcionário do local onde foram mortos a tiros. Eles foram denunciados por homicídio qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa das vítimas.

Logo após o crime o homem fugiu, mas foi preso em 20 de outubro daquele ano na cidade de Nova Aurora, Paraná. Ele estava escondido em uma fazenda onde moravam dois irmãos. Ele tentou fugir, porém foi contido. Na época, Osmar negou o estupro da ovelha e disse que matou o casal para se defender.

No entanto, após ser trazido para a delegacia de Ribas do Rio Pardo, Osmar cavou um túnel e fugiu, desde então estava foragido. Em março de 2024 foi expedido o mandado de prisão contra ele válido até 2044 e hoje, em ação conjunta entre a delegacia da cidade sul-mato-grossense e a 44ª Delegacia Regional do Paraná, ele foi capturado.

 

Fonte:CGN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo