DestaqueNotíciasTurismo

Senac MS lança certificação internacional facilitada para destinos e negócios de turismo

Compartilhar:

Empresários de Mato Grosso do Sul agora podem contar com consultorias que vão mapear e nortear práticas de sustentabilidade de empreendimentos turísticos, culminando em uma certificação internacional creditada pelo GSTC – Conselho Global de Turismo Sustentável. Trata-se do selo Good Travel Seal – da fundação holandesa, sem fins lucrativos Green Destinations. As consultorias serão guiadas pelo Senac MS, em parceria com o Del Turismo, Sebrae, Setescc e Fundtur. O lançamento foi nesta terça-feira, 11, no Senac Turismo e Gastronomia, e contou com representantes do segmento e representantes do Sistema Fecomércio MS.

Para esclarecer os temas principais da sustentabilidade, as consultorias para a certificação chegam para chancelar quem já adota práticas sustentáveis e ajudar quem deseja implementar a sustentabilidade como um dos pilares de negócio. É uma iniciativa que visa aumentar, ainda mais, o valor agregado das atrações de Mato Grosso do Sul.

Para a consultora de educação profissional do Senac MS, Camila Fernandes, com este lançamento, o Senac viabiliza, também para pequenos e médios empresários, as oportunidades que uma certificação internacional traz. “Todos os passos a serem seguidos para a conquista da certificação seguem uma metodologia, que serve como uma plataforma, que vai orientar destinos e negócios a se adequarem e cumprirem os critérios do GSTC. O Senac e os parceiros entram como facilitadores para essa conquista”, explica.

O diretor regional do Senac MS, Vitor Mello, explicou que a nova certificação amplia o portfólio de ofertas para os empresários. “É um benefício que o Sistema Fecomércio oferece aos empresários do segmento. Buscar essa conquista hoje significa vantagem competitiva, fortalecimento de marca, eficiência operacional, impacto positivo na localidade onde a empresa está estabelecida”, explica. “Sem falar no cumprimento de normas e legislações. Com a ferramenta, esses empresários poderão avaliar o grau de maturidade em que se encontram e realizar ações estratégicas aplicáveis ao seu negócio. Tudo a um custo acessível”.

Representando o Programa Del Turismo e a Green Destinations, Malu Mayorga, destaca as vantagens de conquistar a certificação. “São as pequenas e médias empresas que movimentam a economia localmente, fazendo um trabalho mais alinhado com a realidade da comunidade. Com menor custo, a plataforma trabalha com a realidade mais próxima desse empreendedor. É preciso que a sustentabilidade esteja mais palpável e que converse com ele”.

Para a Fundtur MS, é sempre um desafio trabalhar a sustentabilidade no turismo e com o trabalho da certificação, será possível alcançar outros territórios do Estado. “A gente já tem o reconhecimento em alguns destinos consolidados, mas precisamos ampliar, principalmente pelo critério ambiental e o braço social, da economia criativa. Acreditamos que ações como esta só beneficiam o segmento do turismo do nosso Estado”, afirma a assessora de sustentabilidade e ação climática no turismo da Fundtur MS, Flávia Neri.

“Sustentabilidade não é um caminho, é o único caminho. Quando a gente faz uma certificação como essa, de sustentabilidade, a gente vai olhar para dentro e ver o que pode melhorar. E esse processo do diagnóstico, da consultoria, o Sebrae e o Senac farão juntos, por meio de uma parceria, para levar essa oportunidade a todos os empresários do segmento do turismo, com preços acessíveis”, explica a gerente de competitividade e inovação do Sebrae MS, Isabella Montello.

O Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa, localizado em Jardim (MS), conquistou a categoria “Ouro” no certificado de Gestão Sustentável de Empreendimentos Turísticos Green Destinations. O Recanto obteve 97% de conformidade com os critérios do Good Travel Seal. Luiza Coelho, do Grupo Rio da Prata, falou sobre a experiência. “Passamos por esse processo em 2023 e foi muito válido, porque é uma ferramenta organizada, que permite à empresa fazer um diagnóstico, ver onde pode melhorar e estruturar os processos, e tudo com o apoio da instituição, que é fundamental”, diz.

Sobre a Certificação Internacional de Sustentabilidade – O GSTC – Conselho Global de Turismo Sustentável é uma organização mundial independente e sem fins lucrativos que estabelece e gere padrões globais para o turismo sustentável, conhecidos como Critérios GSTC (para destinos e para operadores turísticos).

Fonte: Senac

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo