CulturaNotícias

Abertas inscrições para mais um curso gratuito de atrativos naturais e culturais

Mais uma oportunidade gratuita de formação e aperfeiçoamento profissional a pessoas que realizam o atendimento direto a visitantes no país. Começam nesta sexta-feira (05) as inscrições para o curso online de Agente de Informações Turísticas com Ênfase em Atrativos Naturais e Culturais, promovido pelo campus Guaramiranga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), em parceria com o Ministério do Turismo.

Para se inscrever, a partir do dia 05 de março, é só clicar aqui .

A capacitação, com 100 vagas disponíveis, é voltada a jovens e adultos de qualquer parte do país interessados pela área de turismo, hospitalidade e afins e que tenham concluído o ensino médio. O curso tem carga horária de 280h e engloba, além da formação sobre atrativos turísticos, matérias como comunicação e oratória, ética e etiqueta profissional, tecnologia da informação, empreendedorismo e inovação e inglês aplicado ao turismo, entre outras.

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do MTur, William França, estimula a adesão ao curso. “Destinos que oferecem atrativos culturais e de natureza são cada vez mais procurados, principalmente com a realidade imposta pela pandemia. Isso exige que tenhamos profissionais cada vez mais qualificados para o atendimento deste público, a fim de proporcionar as melhores experiências possíveis aos viajantes”, justifica.

As inscrições seguem até o dia 15, com o anúncio dos alunos selecionados em 18 de março. O curso será realizado no período de 29 de março a 08 de julho, e o fechamento das notas – com direito à emissão de certificado – ocorrerá no dia 8 de julho. O IFCE possui 33 campus, situados em vários municípios do Ceará. O de Guaramiranga, localizado em uma Área de Proteção Ambiental na Serra do Maciço de Baturité, é o único no Brasil a possuir um hotel-escola.

Acordos

O curso integra um conjunto de acordos firmados pelo MTur com instituições de ensino para ofertar capacitação gratuita e permitir a retomada segura e de qualidade do turismo. Há parcerias, por exemplo, junto ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) e o Instituto de Educação de Rondônia/Acelibras, entre outras entidades.

 

Fonte:BN

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar