DestaqueMeio AmbienteNotíciasTurismo

Dono de balneário é multado em R$ 15 mil por degradar APP

O dono de um balneário em Bodoquena foi multado em R$ 15 mil após degradar área de APP do córrego Betione. O homem, de 57 anos, estava realizando obras irregulares no balneário.

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Miranda realizou vistoria ambiental após denúncia. Durante a vistoria, os policiais verificaram a construção de uma passarela de 100 metros de comprimento por um metro de largura, dentro da área protegida de matas ciliares do córrego Betione (Área de Preservação Permanente). O proprietário informou que não possuía a licença ambiental para a obra. A atividade foi interditada.

O infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 15 mil. O dono do balneário ainda poderá responder por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena é de um a três anos de detenção.

Fonte: PMA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar