AgronegócioNotíciasTecnologia

Marcas dizem que não vão participar de feiras agropecuárias

As grandes feiras do agronegócio nacional já estão com calendários, datas e atividades definidas mas algumas marcas já anunciaram que não pretendem participar de edições presenciais como forma de prevenção à Covid-19.

Nesta semana pelo menos três grandes grupos fabricantes de máquinas agrícolas fizeram o anúncio. Por meio de nota a John Deere destacou que não se fará presente nem mesmo na Agrishow, programada para o fim de junho, e uma das mais importantes para o segmento de máquinas e tecnologia. Também reforçou que os 38 grupos de concessionários da companhia possuem autonomia para decidir pela participação em eventos regionais.

A marca aposta na relação com clientes e concessionários por meio de um hub lançado recentemente. “Ao combinar o virtual com o real, a plataforma possibilita a interação do cliente com todo o ecossistema John Deere, além de garantir acesso às melhores condições de compras e contato direto com os concessionários pelo computador ou celular, mantendo todo o suporte para que os produtores possam continuar com sua atividade de forma segura e responsável”, finalizou.

O Grupo AGCO, que envolve as marcas Valtra e Massey Fergusom, também informou que, “por questões de segurança diante o cenário de pandemia, não irão expor em feiras agrícolas na América Latina em 2021”.

O Grupo CNH Industrial, que contempla as marcas New Holland, Case IH e CNH Industrial, disse que eventos do primeiro semestre estão descartados e que ainda avalia o segundo semestre. Também deu autonomia aos concessionários regionais para decidirem sobre suas participações em feiras. “Não vamos participar das feiras de curto prazo, que incluem a Agrishow”, disse Thiago Wrubleski, diretor de Portfólio de Produtos e Commercial Services da CNH Industrial para a América Latina.

Por outro lado a Jacto informou através do presidente, Fernando Gonçalves, que deve expor em feiras desde que as medidas sejam seguras e que não comprometam a saúde de colaboradores e visitantes do evento. A marca destacou que há planejamento para participar da Expodireto Cotrijal, marcada para o começo de março.

Com os eventos digitais de 2020 as marcas do setor de máquinas agrícolas fechou o ano com aumento de 7% nas vendas em relação a 2019.

Fonte: Agrolink

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar