NotíciasSaúde

Mato Grosso do Sul vive o pior aumento de casos da pandemia do novo coronavírus

A semana epidemiológica que terminou com o pior em número de casos desde o início da pandemia em Mato Grosso do Sul. De acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), entre 29 de novembro e 5 de dezembro, foram 7.122 casos registrados no Estado.

O pior período em número de casos da pandemia havia ocorrido em julho, na 35ª semana, quando 6.135 confirmações ocorreram no Estado. Naquela época, Mato Grosso do Sul vivia o pico da doença também em número de internações e mortes.

O valor da semana passada é 20% maior que o do período anterior, quando haviam sido registrados 5.923 episódios de Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

O Estado contabiliza 105.223 casos da doença. Sábado, a SES somou mais 496 episódios, primeiros dados da semana epidemiológica 50. Campo Grande segue como o principal foco, com 193 novos casos. Dourados teve 64 casos confirmados. Corumbá registrou novos 46 casos, Naviraí teve mais 33 casos e São Gabriel do Oeste adicionou 22 casos confirmados.

O relatório também trouxe seis novas mortes pela Covid-19, cinco delas de residentes da Capital e uma morte de Amambai. Desde o início da pandemia, já morreram 1.833 pessoas em Mato Grosso do Sul, das quais 806 em Campo Grande.

Com o aumento das últimas semanas, é possível afirmar que o Estado entrou na segunda onda da doença.

 

 

 

Fonte:CE

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar