DestaqueNotícias

Alvo de investigação, diretor do Detran é afastado após decisão judicial

O servidor de carreira do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS), Arioldo Centuriao Junior, foi afastado do cargo de presidente da a Comissão Especial de Credenciamento, em função de decisão judicial, já que ele é alvo de uma investigação do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado).

A delegada Ana Cláudia Medina, diretora do Departamento, disse que a investigação está em sigilo, mas adiantou que foi requisitado o afastamento e prisão temporária do servidor, no entanto o juiz Waldir Peixoto, decidiu neste momento por afastá-lo do cargo no Detran-MS.

Medina diz que a investigação é sobre a utilização de informações privilegiadas em relação a contratos com empresas de emplacamento. “Se trata de uma ação isolada, de uma investigação pontual, em que a presidência do Detran está colaborando com as investigações”, descreveu ela.

Afastamento – A portaria que revoga sua nomeação foi publicada hoje (04), no Diário Oficial do Estado. A servidora Loretta Barbosa Figueiredo, que já ocupa o cargo em Comissão de Direção Superior e Assessoramento, vai substituí-lo na função de presidente da Comissão Especial de Credenciamento.

Esta comissão tem o objetivo de credenciamento de empresas estampadoras de placas de identificação veicular.  Segundo a assessoria do Detran-MS, o afastamento temporário segue uma decisão judicial, em função de processo que corre em segredo de Justiça. “Não temos mais informações”.

Também adiantou que Arioldo é um servidor de carreira, nomeado em concurso público do Detran em 24 de março de 2015. Atuando no momento na Diretoria de Registro e Controle de Veículos do Detran.

 

 

Fonte:CGN

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar