NotíciasTecnologia

Delegado faz alerta para descontos mirabolantes em golpes do boleto falso

Descontos mirabolantes em vez de juros acrescidos em atraso no pagamento de boletos bancários já fizeram muitas vítimas em 2020, que acabaram caindo no golpe do boleto falso. O delegado Jefferson Rosa da 6º Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, fez um alerta nesta sexta-feira (20).

De acordo com o delegado, as pessoas precisam tomar cuidado ao pedir segunda via de boletos bancários por telefone ou usando a internet através de sites, já que os estelionatários se utilizam de falsos links de propagandas para atrair as suas vítimas, que quando clicam nos atalhos oferecidos acabam sendo direcionadas para outro link. Neste ano já foram registrados 300 boletins de ocorrência do crime contra 229 do ano passado.

Momento, em que o estelionatário já entra em contato por WhatsApp e começa a aplicar o golpe pedindo informações pessoais e emitindo o falso boleto para pagamento. A vítima só percebe que foi enganada duas depois quando a verdadeira instituição financeira passa a cobrá-la pelo atraso no pagamento.

“Não existe desconto mirabolante, em vez de juros pelo atraso você recebe desconto? É para se desconfiar”, disse o delegado que ainda afirmou que na dúvida sobre a veracidade do documento, a pessoa precisa procurar pessoalmente a instituição financeira que lhe fornecer o empréstimo ou financiamento.

Exemplo no interior do MS
Estelionatários que se passavam por agentes de uma financeira deram golpe de R$ 9 mil em um homem de 33 anos, morador em Aquidauana, que tentava quitar o financiamento de um veículo pela internet. Os criminosos criaram um site falso pelo qual a vítima entrou em contato, forneceu dados e solicitou um boleto. Os fatos ocorreram no mês de abril. Conforme boletim de ocorrência, o homem disse que acessou a internet em busca do site da financeira, pois queria pagar as últimas parcelas da dívida todas de uma só vez.

Ele obteve contato por um canal de atendimento disponibilizado e passou a conversar por WhatsApp com uma pessoa que se apresentava como funcionária da empresa. Por este motivo, a vítima solicitou a quitação, recebeu o boleto no email e fez o pagamento. Porém, no último dia 9 recebeu ligação da empresa, de verdadeiros funcionários, dizendo que a parcela dele estava em atraso. Ao dizer que havia quitado, foi informado que caiu em um golpe e que o site que havia acesso era falso. O caso foi denunciado à Polícia Civil.

 

 

Fonte:MM

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar