NotíciasPolícia

Três corpos são achados com marcas de tiros às margens do Rio Apa

Três homens foram encontrados mortos no Rio Apa , em Bella Vista Norte, no Paraguai. Eles estavam desaparecidos desde o último sábado (14) e tinham várias marcas de tiros nos corpos. A região faz fronteira com Bela Vista, Mato Grosso do Sul.

De acordo com o site Última Hora, os pescadores foram identificados como Miguel Ángel Irala Fretes, vulgo Karape, 38 anos, Juan Gabriel Lucero Fleitas, 28 anos e o indígena Mauricio Gómez Cardozo, 18 anos.

Os três desapareceram por volta das 17h30 do sábado, mas o caso foi registrado na 5ª Delegacia de Bella Vista, na noite de domingo pelas companheiras dos pescadores.  Osvalda Freitas Insaurralde, 53 anos, companheira de Miguél e Lucimara Britez Maldonado, 32 anos, esposa de Juan.

Para os policiais, as mulheres relataram que Miguél e Juan adquiriram em Campo Grande um motor de canoa danificado e por volta das 17h30 decidiram testá-lo no rio Apa. Eles embarcaram na canoa e não foram mais vistos. Familiares chegaram a realizar buscas na região, mas nada foi encontrado então acionaram a polícia.

Juan tem passagem na polícia por homicidio doloso e tem mandado de prisão aberto por furto e sequestro, no Brasil. Ele é conhecido por roubar barcos, barcos e motores no país vizinho e no Paraguai.

Os corpos foram encontrados por volta das 13h30 de ontem por pescadores que estavam na região. Eles fizeram a retirada da água e acionaram a polícia, segundo site ABC Color. Os policiais foram até o local e constataram as marcas de tiros nos corpos.  O caso será investigado.

Ainda conforme o ABC Color, para a polícia os homens estavam fingindo serem pescadores para subir o rio em direção ao Brasil e realizarem assaltos aos barcos que passassem pelo local.

 

 

 

Fonte:CGN

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar