Meio AmbienteNotícias

PMA surpreende pescadores em pesca predatória no rio da Prata e Formoso

Durante a operação Icitiofuana, equipes da Polícia Militar Ambiental de Jardim estão trabalhando na prevenção à pesca predatória nos rios da Prata e Formoso (rios com pesca proibida) nos dois rios e também no rio Miranda apreenderam petrechos ilegais de pesca e surpreenderam pescadores praticando pesca predatória.

Durante os trabalhos no rio Miranda, na madrugada de domingo (1), dois pescadores pescavam em método denominado chasco ou lambada e com tarrafa e, quando avistaram as lanternas na embarcação dos Policiais, fugiram pela mata e abandonaram várias garatéias prontas para uso no método proibido de chasco e três tarrafas, além de dois exemplares de pintado, um de cachara e um de jaú, que tinham capturado e estavam vivos e soltos no rio pelos Policiais.

Os infratores não foram localizados. Durante a missão, também foram retirados do rio e apreendidos mais 45 anzóis de galho e uma rede de pesca e foram fiscalizados pescadores em 15 embarcações e 12 ranchos de pesca.

Nos rios Formoso e da Prata, os pescadores respeitaram a proibição de pesca nos rios, mas foram retirados e apreendidos 13 anzóis de galho no Formoso e sete anzóis de galho no rio da Prata. Mesmo que não sejam presos esses infratores, a intensificação deste tipo de fiscalização para a retirada desses petrechos com alto poder de captura evita a degradação dos cardumes.

 

 

Fonte: Bonito Informa 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar