CulturaNotícias

Sem voos na Argentina, DJ toca por 5 horas no Aeroparque, em Buenos Aires

A LIVE foi promovida pelo renomado DJ argentino Hernán Cattáneo, que fez grande sucesso na virada do milênio quando o ritmo house explodia no mundo, e principalmente na Argentina, que até hoje é lar de muitos produtores de sucesso da música eletrônica.

O set foi gravado no terraço do Aeroparque Jorge Newbery, o icônico aeroporto central de Buenos Aires, que é a terra natal do DJ. Nas gravações, feitas durante o pôr-do-sol (que se tornou marca registrada do DJ que faz muitos sunset sets) é possível ver o Airbus A319 e A320 da LATAM Argentina, ainda nas cores da LAN e da oneworld, aliança que a empresa fazia parte até meses atrás, tendo saído antes da matriz optar pelo fechamento da LATAM Argentina.

Um outro clássico filmado pelo drone, que inclusive corre a pista tranquilamente, é o McDonnell Douglas MD-80 da argentina Andes, outra que está cambaleante e não se sabe como sairá dessa crise, além do Boeing 737 da Aerolíneas Argentinas, com motores tampados para preservar a aeronave durante o período de estocagem.

Tudo isso foi possível porque o governo da Argentina optou por uma quarentena rígida, inclusive proibindo voos comerciais domésticos e internacionais, salvo os voos de carga e de repatriação. Os voos regulares na Argentina têm previsão de retorno em 1 de outubro, embora ninguém ainda saiba se eles vão de fato acontecer.

São cinco horas de progressive house e deep house, com clássicos de grandes produtores como Jerome Isma-Ae e o duo britânico CamelPhat, tudo com a belíssima vista do por-do-sol e da noite de Buenos Aires, vista do seu mais icônico e central aeroporto.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar