NotíciasPolícia

Faca cega fez assassino pegar outra arma para ferir namorada até à morte

O lavador de carros Everton Pedroso Alves, 25 anos, usou duas facas para matar a namorada, Luana Caroline Pereira, 26 anos, na frente da filha dela de 7 anos. O caso aconteceu na madrugada da última terça-feira (8), em Bonito.

Conforme apurado pela reportagem, Everton contou em depoimento que no dia 7 de setembro passou o dia inteiro em um balneário de Bodoquena com a namorada. Ao chegarem em casa à noite, os dois foram assistir televisão, mas por volta de 1h começaram a discutir por ciúmes. A vítima, então, colocou a filha em sua cama e mandou Everton ir dormir no quarto da criança.

À polícia, o rapaz disse que mesmo assim continuou nervoso e inquieto, quando às 3h da manhã pegou uma faca pequena na cozinha, foi até o quarto onde Luana dormia com a filha e a chamou pelo nome. A vítima acordou assustada e ainda tentou tirar o objeto das mãos do assassino, mas foi atingida pelo primeiro golpe. Desesperada e ferida, Luana saiu correndo da residência pedindo por socorro.

Ao perceber que a faca estava com a ponta quebrada, Everton se apossou de um facão, perseguiu a vítima e a esfaqueou até a morte. Indagado sobre o fato, o interrogado disse à polícia que se recorda apenas de ter desferido dois golpes, mas de acordo com registro policial, no corpo de Luana havia muitas perfurações, principalmente no tórax, na cabeça, nas mãos e no abdômen. A mulher morreu antes do socorro chegar.

Feminicídio – Após o crime,  a polícia foi chamada por vizinho da vítima que viu a criança pedindo socorro no meio da rua. A menina relatou que “o tio” estava brigando com a mãe dela e logo em seguida, essa testemunha viu o homem fugir todo ensanguentado. O assassino foi localizado na saída da cidade depois de esconder numa mata a camiseta que vestia quando golpeou a namorada e a faca usada para cometer o crime.  Disse que estava se relacionando com a vítima há cerca de sete meses e que o namoro era conturbado, por causa dos ciúmes excessivo que sentiam um do outro.

Camiseta suja de sangue que o assassino usava foi encontrada escondida em árvore (Foto: divulgação/Polícia Civil)

 

Fonte:CGN

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar