DestaqueNotíciasTurismo

Serra da Bodoquena e Pantanal  inseridos em pesquisa internacional sobre Turismo e Pandemia

Os municípios de Bonito, Jardim, Bodoquena, Corumbá, Miranda e Aquidauana no Mato Grosso do Sul, foram definidos como locais para integrarem a pesquisa internacional, “Turismo em tempos de pandemia”, coordenada pela Doutora Rita de Cássia Ariza da Cruz da Universidade de São Paulo (USP).

O grupo de pesquisadores é composto por professores e estudantes de graduação e de pós-graduação, de 30 instituições de ensino superior, nacionais e estrangeiras, da área de Geografia e Turismo. A composição da equipe e maiores detalhes do projeto de pesquisa estão disponíveis em: https://sites.google.com/view/turismo-em-tempos-de-pandemia.

A equipe do Mato Grosso do Sul é composta pelos pesquisadores: Professor Doutor Edvaldo Cesar Moretti (Curso de Geografia da UFGD); Professora Doutora Mara Aline Ribeiro (UFMS); Professora doutoranda Joyce Avila de Oliveira (Instituto Federal do Mato Grosso do Sul/Jardim); Doutora Karoline Batista; Professor Doutor Amilton Luiz Novaes (UFGD).

Análises produzidas por organismos internacionais como a Organização Mundial do Turismo,  um impacto de cerca de 60 a 80% de perdas econômicas no setor turismo neste ano de 2020 em função da pandemia da COVID-19. Ademais, estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV)[2] aponta para perdas no Brasil em torno de 21,5% do PIB do setor, comparativamente ao ano de 2019.

A despeito da relevância das análises para as escalas mundial e nacional, as localidades com maior dependência econômica do turismo são aquelas que, efetivamente, serão mais impactadas.

Este é o pano de fundo sobre o qual se estrutura a pesquisa, que tem por objetivo geral identificar e analisar impactos da pandemia sob uma perspectiva multi e trans-escalar.

Assim, na escala nacional, se objetiva levantar informações/dados sobre países como Brasil, Argentina, Portugal, França e Moçambique.

Fonte: Prof. Doutor Edvaldo Cesar Moretti

Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Obrigado pela divulgação.
    Pesquisa muito importante para o Brasil, nesse momento de muitas incertezas.
    A ciência pode contribuir com diagnósticos e soluções para o setor turístico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar