Sucateiro que comprou baterias furtadas paga R$ 1.500 de fiança e é solto
2019-08-13 12:21:01
O dono do ferro-velho, de 37 anos, que comprou 47 baterias furtadas de torres de telefonia no último domingo (11), em Nova Alvorada, passou por audiência de custódia nesta terça-feira e teve sua prisão em flagrante convertida em liberdade provisória mediante pagamento de fiança no valor de R$ 1.500.

As baterias foram encontradas pelos Guardas Civis Metropolitanos após rastreamento, elas estavam em um ferro-velho no Jardim Tijuca em Campo Grande. O sucateiro disse que negociou pelo WhatsApp a compra por R$ 2 o quilo e revenderia como sucata pelo valor de R$ 3 o quilo.

Ele negou que sabia que seriam peças furtadas, assim como, o motorista da camionete também negou o crime.

Nesta terça-feira, ele passou por audiência de custódia e teve a sua prisão em flagrante convertida em liberdade provisória mediante pagamento de fiança e cumprimento de medidas cautelares.

De acordo com o juiz Alexandre Correa Leite, ele deverá comparecer mensalmente em juízo, está proibido de frequentar bares e afins, e de se ausentar da comarca.
Fonte: MM
Comentrios.
Deixe um comentrio.