Plantão faz cadastro da tarifa social para desconto na conta de energia
2019-04-13 10:42:36
Em busca de 51 mil famílias de Campo Grande que têm direito à tarifa social, a Energisa faz plantão neste sábado (dia 13) na praça Ary Coelho. O atendimento vai até às 14 horas e é destinado a famílias de baixa renda inscritas em programas sociais. Dependendo da faixa de consumo, o desconto na conta de energia elétrica chega a 65%.

A concessionária calcula que 170 mil famílias têm direito ao benefício em Mato Grosso do Sul, mas ainda não se cadastraram. Na Capital, são 51 mil famílias.

Para quem consome até 30 kWh/mês, a conta de energia pode baixar até 65%. Para o consumo de 31 a 100 kWh/mês, a redução chega a 40%. Na faixa de consumo de 101 a 220 kWh/mês, o desconto é de 10%. Já o consumo superior a 220 kWh não incidirá desconto.

A família precisa participar de programas sociais, como Bolsa Família, Loas (Lei Orgânica da Assistência Social) e BPC (Benefício de Prestação Continuada). O beneficiado deve apresentar o NIS (Número de Identificação Social), fornecido pelo Cras (Centro de Referência de Assistência Socia), além de documentos pessoais e a conta de energia elétrica.

Segundo o coordenador comercial da Energisa, Luiz Antônio Prado Júnior, a expectativa é atender 300 famílias no plantão deste sábado. “Na primeira meia hora, foram mais de 60 senhas. É uma oportunidade de cadastrar e orientar quem tem direito”, afirma.

O cadastro é rápido, com duração média de cinco minutos. A cada dois anos, as famílias que têm cadastro no Cras devem atualizar as informações para não perder o benefício.

A dona de casa Natália Guilherme Godoy, 28 anos, mora no Jardim Noroeste e procurou o plantão da Energisa. “Não sabia dessa oportunidade e minha expectativa é que o valor fique mais baixo”. Dentro de cinco dias úteis, mensagem no celular vai informar se o procedimento deu certo. “Em casa, apenas a geladeira e a TV ficam ligadas, mesmo assim a conta de luz vem mais de R$ 100”, diz.

Cuidadora de idosos, Sueli Gomes Luz, 74 anos, foi à praça para conferir se o seu cadastro estava regularizado. “O benefício ajuda muito. Moro numa quitinete, ainda não consegui me aposentar e pagava cerca de R$ 200 de energia. Agora, a conta é de R$ 82”, afirma.

“Com um salário mínimo dentro de casa, todo desconto é bem-vindo. Ajuda muito”, diz a dona de casa Maria Madalena da Silva Freitas, 59 anos, que já tem a tarifa social na conta de energia elétrica.

Durante a semana, o cadastro na tarifa social oferecido em qualquer agência da Energisa em Mato Grosso do Sul. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 0800 722 7272.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.