Deputado pede que vândalos pagem o valor integral por danos
2019-03-14 12:38:50
Projeto de lei que determina ressarcimento integral dos danos causados por aquele que pichar ou praticar algum tipo de vandalismo foi apresentado na Assembleia Legislativa, durante sessão desta quinta-feira (14). A proposta foi motivada após as depredações que aconteceram, principalmente, em Campo Grande, no período de Carnaval, em que jovem de 21 anos foi detido por guardas municipais e levado para delegacia por ter sido flagrado durante os desfiles de blocos que estavam sendo realizados na Esplanada Ferroviária.  

De acordo com a matéria, de autoria do deputado Marçal Filho (PSDB), o objetivo da proposta é de inibir vandalismo, bem como valorizar e preservar o patrimônio público.

Além da pichação que aconteceu no Hotel Gaspar, situado na Avenida Calógeras, na região central de Campo Grande, outros estragos foram registrados também, como a grade da Avenida que chegou a ficar destruída após ações de vandalismo. Ninguém foi pego em flagrante e a conta ficará para a prefeitura pagar. 

De acordo com vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande, o problema não foi registrado apenas na Capital, mas sim em todo o Brasil.

Para a festa tradicional "Enterro dos Ossos", o Executivo municipal colocou tapumes em volta do monumento Maria Fumaça e fortaleceu a segurança do local. A estratégia inibiu as ações de vândalos e não houve registro de ocorrência de nenhum fato após a festa.

O projeto será encaminhado para as comissões e posteriormente apreciado em plenário.
Fonte: CE
Comentrios.
Deixe um comentrio.