Ecoturismo: Conheça 15 lindos destinos no Brasil para sua próxima viagem
2019-02-01 08:21:31

O Brasil, como sabemos, é bonito por natureza. Em qualquer região é possível encontrar as paisagens mais absurdamente maravilhosas, sejam elas cachoeiras, montanhas, enormes planaltos, praias, dunas? Tem quase tudo por nossas terras. Isso torna o país perfeito para quem curte ecoturismo, ou seja, viajar para aproveitar o que a natureza tem a oferecer tanto para os olhos quanto para atividades de aventura.

Selecionamos 15 destinos de ecoturismo espalhados pelas cinco regiões do Brasil para sua próxima viagem. Tenha bastante espaço para as fotos e curta muito!

ECOTURISMO NA REGIÃO NORTE

Alter do Chão (PA)

Alter do Chão

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Banhada pelo rio Tapajós, Alter do Chão tem águas cristalinas e esverdeadas que, na época da vazante do rio ? de agosto a fevereiro ? dão espaço para ilhas e faixas de areia branca. Boa de visitar nas duas épocas: com rio cheio, você passeia de barco e desbrava a floresta; com rio baixo, curte as praias que se formam. Só vitórias!

Jalapão (TO)

Tocantins Jalapão

 (Divulgação/Divulgação)

Ao longo das cidades de Mateiros, Novo Acordo, Ponte Alta do Tocantins e São Félix do Tocantins, o Jalapão oferece águas claras, dunas alaranjadas, chapadões, cachoeiras, rios, formações rochosas e serra. Além de admirar isso tudo, ainda dá para fazer rafting, canoagem, rapel e trilhas. UAU!

Novo Airão (AM)

Novo Airão

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

As grandes atrações são os pouco explorados Parque Nacional de Anavilhanas e Parque Nacional do Jaú. E tem mais: suas águas abrigam botos cor de rosa que inclusive interagem com os turistas durante os passeios de barco!

ECOTURISMO NA REGIÃO NORDESTE

Caravelas (BA)

Caravelas

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Você pode curtir as paisagens locais e o mar azul e também pegar uma embarcação para desbravar o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, que tem a maior formação de corais do Atlântico Sul. É de tirar o fôlego!

Fernando de Noronha (PE)

Fernando de Noronha

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Sem dúvida o destino mais conhecido desta lista ? e talvez o que mais habite os sonhos de viagens de quem curte um pedaço do paraíso na Terra. Fernando de Noronha tem tudo: paz, paisagens maravilhosas, águas límpidas em que é possível ver cardumes inteirinhos de peixes coloridos passando, golfinhos, tartarugas gigantes? A mãe natureza está de parabéns!

Serra da Capivara (PI)

Serra da Capivara

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Com cânions, serras e baixões, o Parque Nacional da Serra da Capivara parece uma pintura ou uma ilusão, mas é tudo de verdade e está tudo lá, no meio do semi-árido do Piauí. O local também tem guardadas obras de arte rupestres pré-históricas para visitação.

ECOTURISMO NA REGIÃO CENTRO-OESTE

Bonito (MS)

Bonito

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Outro destino bem conhecido pelos amantes de belas paisagens e de passeios ecológicos, Bonito consegue fazer jus ao nome graças aos cuidados rigorosos de preservação. Para ir para lá, é obrigatório ter uma reserva oficial autorizada, pagar uma taxa de visitação e contratar um guia local. E assim essa maravilha permanece linda ao longo das décadas.

Chapada dos Guimarães (MT)

Chapada dos Guimarães

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Suas formações rochosas são famosas e têm a companhia de cachoeiras e montanhas. Preparando-se para comemorar 30 anos em abril de 2019, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é uma das atrações mais importantes do cerrado brasileiro.

Chapada dos Veadeiros (GO)

Chapada dos Veadeiros

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Detentor do título de Patrimônio Natural da Humanidade desde 2001, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros tem rios, cachoeiras com mais de 100 metros de altura, paredões, trilhas e, de quebra, abriga 32 espécies da fauna e 17 da flora ameaçadas de extinção. Vale muito conhecer!

ECOTURISMO NA REGIÃO SUDESTE

Conceição do Ibitipoca (MG)

Conceição do Ibitipoca

 (Wikimedia Commons/Reprodução)

Os passeios pelo Parque Estadual do Ibitipoca são super democráticos e, com trilhas de níveis de dificuldade desde o mais simples até o mais radical, recebe famílias muitíssimo bem. As caminhadas por entre pedreiras e natureza selvagem são lindíssimas!

Fonte: MdeMulher
Comentários.
Deixe um comentário.