Mais um nome do MS é escolhido para o governo Bolsonaro
2019-01-03 17:19:16

Mato Grosso do Sul terá mais um nome na gestão do governo de Jair Bolsonaro (PSL). O ministro da Cidadania, Osmar Terra, apresentou os nomes dos secretários especiais da nova pasta. O general da reserva do Exército, desde 2002, Marco Aurélio Vieira, será o responsável pela Secretaria Especial do Esporte.

Marco Aurélio é natural de Corumbá, professor de educação, paraquedista e foi técnico de pentatlo moderno, além de ter sido atleta de natação e polo aquático. O general foi diretor-executivo de Operações dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Também participou do planejamento e da execução do revezamento da tocha olímpica.

“O esporte também cumpre papel social e tem grande interação com a cultura em todas as civilizações. Nossa ideia é fazer com que o trabalho de sucesso até hoje realizado seja potencializado”, afirmou o secretário.

O general afirmou que entre as suas prioridades está o Bolsa-Atleta. “É uma conquista importante tanto para os profissionais da área como para a sociedade brasileira. Vamos aprimorá-lo trabalhando com racionalidade na captação e formação de atletas, bem como na atuação junto às federações e confederações. O envolvimento de todos é necessário para produzirmos mais resultados com menos custos”, disse ele, mencionando ainda que a Lei de Incentivo ao Esporte deverá ser potencializada.

Além de Marco Aurélio, o Estado terá em Brasília mais dois ministros. A deputada federal Tereza Cristina (DEM) foi um dos primeiros nomes definidos por Bolsonaro após o fim das eleições, assumindo o Ministério da Agricultura. O ex-deputado federal e ex-secretário de Saúde por Campo Grande, Luiz Henrique Mandetta (DEM), assumiu o Ministério da Saúde

Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.