Juízes de MS dizem que Moro vai levar "combate à corrupção" a Ministério
2018-11-03 10:29:15
Os juízes de Mato Grosso do Sul que fazem parte da Amatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) da 24° Região assinaram uma nota parabenizando o juiz federal, Sérgio Moro, por ele ter aceitado assumir o Ministério da Justiça, a partir de janeiro, no mandato do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Eles acreditam que o magistrado vai levar o "combate à corrupção" para Brasília.

Em nota pública, assinada pelo presidente da Amatra, o juiz Christian Estadulho, os juízes destacam que Moro teve “desprendimento” ao renunciar sua carreira na magistratura, para assumir um ministério no governo federal e que para eles, sua nova função é “tão relevante como a que exercia no Poder Judiciário”, a frente da Operação Lava Jato.

Os magistrados ainda ressaltaram que o Moro poderá contribuir com sua “reconhecida competência” e capacidade profissional, para desenvolver o Brasil, citando inclusive o seu trabalho no “combate à corrupção”. A Associação ainda “desejou sorte” ao juiz nesta nova missão a partir de 2019.

Indicação – Sérgio Moro aceitou na última quinta-feira (01) o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a partir de janeiro de 2019. Eles se reuniram na casa de Bolsonaro, no Rio de Janeiro, onde houve a confirmação do magistrado.

Moro divulgou uma nota no mesmo dia, dizendo que aceitou o “honrado” convite e que deixava o cargo de juiz federal com “certo pesar”, após uma carreira de 22 anos na magistratura. Bolsonaro já avisou que o juiz terá “carta branca” parea conduzir o ministério e que vai promover as pautas de combate à corrupção no Brasil.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.