MS tem 33 casos de suspeita de sarampo sob acompanhamento
2018-10-30 12:17:28
Em Mato Grosso do Sul, até agora, 33 casos de suspeita de sarampo são acompanhados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) e pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), já que, do total, 28 são em Campo Grande. Além de Campo Grande, há 3 casos em Mundo Novo, um em Chapadão do Sul e um Ivinhema.

Nenhum dos casos é confirmado é confirmado, segundo a SES. A Secretaria afirma que 99,50% das crianças entre 1 e 5 anos já foram vacinadas contra o sarampo este ano. Para a SES, não há situação de alerta e as investigações das suspeitas “é uma situação de praxe”.

É que também afirma a Sesau. Segundo a pasta, por meio da assessoria de imprensa, “não há motivo de pânico”, mas todos os cuidados devem ser tomados, já que casos se alastraram pelo país. A vacina pode ser encontra em 68 unidades básicas de saúde.

“A qualquer sintoma é necessário que a pessoa procure imediatamente um médico. A melhor maneira de se proteger é se vacinando. A vacina contra sarampo está disponível nas 68 unidades básicas do município. É recomendado que a pessoa procure a unidade e verifique a necessidade de se vacinar ou não”, afirma a pasta, por meio da assessoria.

Campanha - A campanha de vacinação começou no dia 18 de agosto e foi até o dia 23 de setembro. Em todo o país, mais de dez milhões de crianças de um a menores de cinco anos foram vacinadas com mais de 22 milhões de doses de pólio e sarampo. Todas as crianças de 1 ano a 5 anos devem ser vacinadas.

Conforme a Agência Brasil, até o dia 22 de outubro, 2.425 casos de sarampo foram confirmados no Brasil, 2 mil no Amazonas e 332 em Roraima. Os dois estados registram ainda um total de 7.674 casos em investigação. Segundo o Ministério da Saúde, casos isolados da doença foram confirmados em São Paulo (3), no Rio de Janeiro (19), no Rio Grande do Sul (43), em Rondônia (2), em Pernambuco (4), no Pará (17), no Distrito Federal (1) e em Sergipe (4).
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.