Kawasaki leva douradense que fez moto de papelão para assistir Mundial de Superbike na Argentina
2018-10-25 08:53:35
Gabriel recebeu o autógrafo e tirou muitas fotos com o tetra campeão Jonathan Rea além de toda a equipe da Kawasaki

O douradense Gabriel Arruda, de 19 anos, foi o convidado de honra da Kawasaki Motores do Brasil na penúltima etapa da temporada do Mundial de Superbike realizada nos dias 13 e 14 de outubro no Circuito San Juan Villicum, na Argentina. Em agosto deste ano, O Progresso Digital conversou com a fera e a fama dele atingiu representantes da fábrica que produz motocicletas que são verdadeiras máquinas da velocidade.

Executivos da marca conheceram pela imprensa o trabalho de Gabriel, que construiu uma réplica da Ninja ZX-10R em papelão, e decidiram promover uma experiência inesquecível ao jovem de Mato Grosso do Sul: assistir a uma etapa do mundial de Superbike e conhecer os pilotos da Kawasaki Racing Team, o tetracampeão Jonathan Rea e seu companheiro de equipe Tom Sykes.

“Ficamos impressionados com o talento do Gabriel, que não só fez uma réplica fantástica, com atenção a todos os detalhes da motocicleta, como utilizou como base um material inusitado como o papelão”, conta a gerente comercial e de marketing, Sonia Harue. “Na hora pensamos em tentar retribuir esse carinho do Gabriel por nossa marca com algo que certamente seria inesquecível pra ele”.

Apaixonado pela marca desde criancinha como gosta de dizer, Gabriel chegou a São Paulo na quinta-feira, dia 11, para um encontro com o presidente da Kawasaki Motores do Brasil, Keiji Yasutake, e demais integrantes da equipe. O embarque para a Argentina foi realizado na sexta, juntamente com grupo de concessionários vencedores de uma campanha de incentivo.

No sábado o jovem artista se encontrou com os pilotos KRT e pode apresentar fotos de sua obra para Rea e Sykes, que ficaram impressionados com o talento e habilidade de Gabriel.

“Foi muito importante pra mim receber todo esse carinho, pois sou um apaixonado pela Kawasaki”, diz Gabriel. “Essa viagem e toda essa experiência foi algo que nunca imaginei conquistar. Conhecer a equipe da Kawasaki no Brasil e os pilotos do Mundial de Superbike e ter meu trabalho reconhecido é algo que jamais esquecerei”.

Fonte: OProgresso
Comentrios.
Deixe um comentrio.