Com poucos policiais, delegacias de MS são autorizadas a usar escala diferenciada
2018-10-10 10:45:23
O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) cumpriu na manhã desta quarta-feira (10) três mandados, sendo um de prisão e dois de busca e apreensão em Campo Grande, em apoio a operação Torre de Babel.

A ação foi deflagrada pela Polícia Civil de Brasília (DF) para desarticular organização criminosa interestadual que atua em crimes de tráfico de drogas, roubos, furtos, desvios de cargas e lavagem de dinheiro.

Conforme o delegado Fábio Peró, os mandados foram cumpridos em um depósito de revenda de gás na Rua Babaçu, no Jardim Aero Rancho e numa casa da região, em busca do mesmo alvo identificado apenas como Israel. “O preso será levado ainda hoje para Brasília por uma equipe (composta por delegado e dois investigadores) que veio de lá".

Operação - No total, serão cumpridos 72 mandados de busca e apreensão, 42 mandados de prisão preventiva e 6 de prisão temporária, em 15 cidades de 6 Estados e no Distrito Federal. Segundo a investigação, que começou há 9 meses, o líder da organização criminosa, Antônio César Campanaro, conhecido como “Toninho do Pó” comandava uma rede de tráfico, que utiliza uma propriedade em Cristalina (GO) para armazenar grande quantidade de drogas.

A quadrilha também recrutava motoristas de empresas de transporte para simularem terem sido vítimas de roubo, mas, na verdade, desviavam as cargas para a organização criminosa.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.