Vítima de atentado deixa hospital e diz não conhecer atiradores
2018-10-10 10:21:25
Após cinco dias de internação, Rosângela Coura Masena, de 38 anos, deixou o Hospital Auxiliadora, de Três Lagoas, nesta segunda-feira (08).

No último dia 03 ela foi atingida na cabeça e no braço pelos disparos de dois atiradores que invadiram a sua casa, no Jardim Imperial. Ao deixar o hospital, Rosângela prestou depoimento à Polícia Civil e disse que não conhece os suspeitos do crime, muito menos faz ideia da motivação para o atentado.

Mas a polícia não descarta a hipótese da tentativa de execução relacionada ao tráfico de drogas, conforme o delegado Roberto Guimarães, titular da 3ª Delegacia da Polícia Civil. Isso porque Rosângela é monitorada por tornozeleira eletrônica devido a pena que cumpre em regime semiaberto por tráfico no presídio de Corumbá.

Ela estava presa há mais de um ano, em regime fechado, e deixou a cadeia uma semana antes do crime. “Estamos ouvindo testemunhas e buscando imagens de segurança que poderão auxiliar na identificação dos envolvidos no crime”, disse o delegadoao JP News. O caso também foi encaminhado ao Sig (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil.

Atentado

Rosângela estava na casa de familiares, quando dois suspeitos em uma motocicleta chegaram e dispararam sete vezes contra ela. Os atiradores ainda não foram identificados pela polícia. A vítima foi socorrida por testemunhas. Rosângela estava presa no Estabelecimento Penal Feminino de Corumbá desde o dia 27 de setembro do ano passado.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.