Juiz decreta prisão de motorista bêbado que atropelou e matou mulher
2018-10-09 10:29:37
A Justiça Estadual decretou a prisão preventiva do paulistano Anderson Nunes de Oliveira, 44, que na tarde de sábado (6) atropelou duas mulheres em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Bêbado, ele conduzia uma caminhonete S10 e bateu na Honda Biz ocupada pelas vítimas, no cruzamento da Avenida Weimar Gonçalves Torres com a Rua Albino Torraca, no centro.

Erica Aparecida Deubon Pires, 28, moradora no Jardim Tropical, e Maria Janete dos Santos Figueiredo, ficaram feridas. Erica foi levada para o hospital, mas morreu horas depois.

Anderson foi preso em um hotel e confessou que estava bêbado, por isso fugiu do local do acidente. Na caminhonete os policiais encontraram uma lata de cerveja, uma garrafa de vodka e uma garrafa de suco de laranja.

Na audiência de custódia, ontem à tarde, o juiz da 2ª Vara Criminal determinou a manutenção do flagrante por crimes de trânsito e expediu o mandado de prisão preventiva. Também determinou a transferência de Anderson para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Flagrante – Anderson foi preso na manhã de domingo. Levado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, foi autuado em flagrante por homicídio, omissão de socorro e embriaguez ao volante. A lateral da caminhonete ficou amassada devido ao impacto com a moto.

Assistente administrativa na Faculdade Anhanguera em Dourados, Erica chegou a ser resgatada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada ao Hospital Santa Rita, assim como a outra vítima. Por volta de 20h de sábado, Erica morreu em decorrência dos ferimentos.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.