Brotas (SP): cidade paulista é conhecida como paraíso dos esportes radicais
2018-09-27 10:19:57
Muitas vezes, em viagem de férias, fica difícil agradar a família toda. Há aqueles que adoram uma adrenalina, optando por passeios mais radicais, e há os que gostam de se espreguiçar, vendo o tempo passar. Sendo assim, optar por uma viagem a Brotas, em São Paulo – terra do cantor Daniel –, é ter a certeza de que todos sairão contemplados.

A cidade, que fica a 774 km de Campo Grande pela rodovia 262, é mesmo mais conhecida pelos esportes radicais. Por ter rios com desníveis, uma das atividades mais praticadas é o rafting, em que os participantes descem corredeiras com um bote. Ele tem capacidade para cinco ou seis pessoas (e um instrutor por bote). Durante a descida, conforme o nível do rio, diversas brincadeiras são realizadas, como surfe, escorregador e banho nas águas cristalinas do Rio Jacaré-Pepira.

Outro passeio oferecido em vários pontos da cidade é o arvorismo. Nele, o participante atravessa uma espécie de ponte, geralmente formada por cordas e pedaços de madeira, a certa altura do chão. Quem fizer isso em Brotas poderá ter uma visão panorâmica da beleza natural da cidade.

Há ainda a tirolesa, em que o participante desliza por um cabo, normalmente pendurado em uma roldana. Em alguns casos, a travessia termina com um pulo em um lago. A maioria dos hotéis de descanso de Brotas oferece essas atividades.

De fato, a cidade tem diversas opções de esportes radicais, mas suas atrações não se resumem a isso. O município também oferece lugares para quem está a fim de tranquilidade. “A cidade é calma e é possível encontrar lazer para todos os gostos, sempre em meio à natureza”, diz a comerciante Paula Toledo, 34 anos, que já esteve lá.

Ela se hospedou em dois dos hotéis da cidade, em que é possível curtir um belo descanso. Em vários deles, há  terreno para acampamentos e hospedagem em casas, cabanas e apartamentos. “É prático, alguns ficam no centro da cidade, a  50 metros do rio. Dá para dormir com o barulho gostoso da água”, diz Paula. Um dos hotéis recebe famílias para fazer piqueniques ao som dos pássaros que habitam o local.

Outro hotel com formato de chácara, localizado no Bairro Boa Vista, é também uma ilha de sossego cercada de verde por todos os lados. “Já fui duas vezes à pousada e não me arrependi. Vale a pena reservar um fim de semana para ir, limpar a alma do estresse e curtir aquela calmaria”, conta a assistente administrativa Lúcia Prates, 46 anos.

Ela ainda afirma que a cidade de Brotas é convidativa para passeios e caminhadas. “Pelo caminho, você encontra praças onde é possível se sentar e curtir o silêncio”, revela.

Lúcia ainda afirma que o fato de Brotas ser um polo de esportes radicais não atrapalha em nada quem vai para lá com o objetivo de descansar. “Os locais de aventura são bem reservados e não interferem em quem quer paz. Você pode até ouvir um grupo de pessoas mais empolgado com o esporte que praticou, mas o que predomina é a calmaria”.
Fonte: CE
Comentrios.
Deixe um comentrio.